Como saber se um fundo imobiliário paga bons dividendos?

Yubber, uma das maiores curiosidades de um investidor é saber qual investimento pode oferecer uma maior rentabilidade. É claro que esse não deve ser o único fator a se analisar, mas é um dos fatores a serem analisados.

Hoje, falarei especificamente da rentabilidade de fundos imobiliários. Mostrarei como você pode identificar se um fundo imobiliário paga bons dividendos. E como mostrarei isso? Ensinando você a calcular e a interpretar o indicador, então fique aqui comigo até o final!

Quebrando paradigmas

Yubber, nossa cultura ainda tem fortes raízes no que diz respeito à imóveis. É comum ouvir de algum familiar a seguinte frase:

Imóvel é o melhor investimento!”

Vou quebrar alguns paradigmas com você.

Imóvel não tem risco?

Tem, sim! Você sabe qual a diferença entre um FII (Fundo Imobiliário), que é negociado na bolsa de valores, e um imóvel físico?

Um FII você consegue a todo instante ver os riscos presentes ali, como risco de liquidez e risco de mercado, por exemplo.

Risco de liquidez = tempo que você consegue transformar o ativo em dinheiro

Risco de mercado = quanto o preço de um ativo pode ser alterado pelo mercado

Agora, tratando-se de imóveis físicos, embora eles tenham esses riscos, é mais difícil visualizá-los. Para isso, teria que contratar um especialista, e de qualquer jeito, não daria para ele ficar ali todo santo dia informando sobre eles para você, concorda?

E o risco de liquidez é bem maior em um imóvel físico. Qual você consegue vender mais rápido, uma cota de um FII ou um imóvel? Uma cota, lógico.

Custos e depreciação

Se você tem um imóvel físico, tem que lidar com certidão, reformas e outras documentações, fora a depreciação que acontece inevitavelmente com o tempo.

Já nos FIIs você terá um gestor responsável por lidar com toda a parte burocrática.

Diversificação

Se você tem R$ 200 mil, conseguirá comprar quantos imóveis? Você consegue comprar um só. Aliás, pensando nos mais baratos (baratos mesmo, e provavelmente já bem desgastados ou de qualidade inferior), você consegue comprar no máximo dois.

Agora, com esses R$ 200 mil, você consegue comprar muitos e diferentes FIIs, tendo eles diferentes imóveis, como shoppings, galpão industrial, laje corporativa, etc. 

Já imaginou ser dono de tudo isso? Sim, ao comprar uma cota você automaticamente passa a ser dono.

O que são dividendos?

Os dividendos são uma parte do lucro do FII. Esses lucros advêm, em sua maioria, dos aluguéis recebidos dos imóveis que o FII detém.

Pela regulamentação dos fundos imobiliários, é obrigatório a distribuição de, pelo menos, 95% dos lucros. E essa distribuição deve ser feita, no mínimo, uma vez por semestre.

MAS a maioria dos fundos distribuem mensalmente. Maravilha, não é mesmo?

Como saber se um fundo imobiliário paga bons dividendos?

Para identificar se um FII paga bons dividendos, é necessário olhar o dividend yield, que nada mais é que a razão entre os dividendos de um determinado período e o valor da cota.

Portanto, ele mostra o retorno que um investidor tem em forma de rendimentos, comprando cotas de um determinado FII.

Para ter uma noção se o dividend yield está interessante ou não, é legal comparar o valor com outros FIIs.

Mas não olhe somente ele. Decidir investir em um FII levando em conta só o dividend yield é um erro, isso porque há uma série de outros fatores importantíssimos a se avaliar.

Como calcular o dividend yield?

A fórmula é a seguinte:

Dividend Yield = (dividendos distribuídos no período / preço da cota) x 100

Vamos imaginar que o valor da cota de um FII está em R$ 100,00, e que o total dos últimos dividendos distribuídos, considerando o prazo de 12 meses, foram de R$ 6,00.

Aplicando a fórmula, ficaria:

Dividend Yield = (6,00/ 100) x 100

Dividend Yield = 6%

Simples, não é?

Um detalhe interessante de dizer é que, caso o valor da cota se valorize, menor será o dividend yield, isso porque a fórmula trata-se de uma razão entre os valores. 

Se a distribuição continuasse em R$ 6,00 no ano, mas a cota se valorizasse de R$ 100,00 para R$ 120,00, por exemplo, o dividend yield cairia para 5%, mas isso não é ruim, você teve valorização da cota e os dividendos não diminuíram.

O dividend yield é um indicador bastante interessante para quando se quer montar uma carteira com foco nos rendimentos, mas lembre-se: não o analise de forma isolada.

Vou deixar aqui embaixo um artigo bem legal com dicas para viver de renda com fundos imobiliários.

Uma das dicas mostra como calcular o patrimônio que você deve ter no total, levando em consideração o dividend yield e o valor que você deseja receber por mês de renda passiva.

Ah, e só lembrando que nós somos o maior buscador de investimentos do Brasil. Se quiser encontrar FIIs com bons dividends yields, é só acessá-lo. Vou te ajudar: CLIQUE AQUI!

Agora me conta, gostou do artigo, Yubber?


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo