Trend following: o que é e como funciona?

Como o próprio nome sugere, o trend following (ou “seguindo tendência”) é uma forma de investir no mercado financeiro com base na tendência de alta ou de baixa de um determinado ativo.

Essa metodologia é bastante relacionada à análise técnica, pois utiliza muitos de seus gráficos e indicadores. Neste artigo, veremos as principais características do trend following e, também, como ele é aplicado nos investimentos. Confira!

Como funciona o trend following?

Basicamente, essa metodologia parte do princípio de que é impossível tentar prever os preços dos ativos financeiros.

De forma bastante simples, o trend following afirma que só existem duas situações: uma em que há tendência e outra em que não há tendência. Dessa forma, se um investidor resolve utilizar essa metodologia para comprar uma ação, ele simplesmente deve seguir a tendência dos preços desse título.

Os mecanismos de stop loss e stop gain ajudam traders e investidores no trend following. No stop loss, pode-se determinar um valor mínimo do preço da ação para evitar prejuízos. Já no stop gain, o objetivo é assegurar o lucro do papel antes que o seu preço volte a cair.

Uma das maneiras de analisar as tendências de alta ou baixa de um ativo é por meio do price action. Veja como funciona:

Price action

O price action também é ligado à análise técnica. Basicamente, os seus operadores identificam padrões nos preços dos ativos por meio da análise de gráficos. Com isso, conseguem calcular indicadores para projetar cenários e perspectivas de compra ou venda dos ativos.

Os gráficos analisados pelo price action contemplam as decisões de compra e venda tomadas por investidores. Ao observar esses gráficos, o trader pode identificar tendências e traçar as suas estratégias.

Vale a pena utilizar o trend following?

O princípio básico dessa metodologia é a total passividade do trader ou investidor em relação aos ativos. Em outras palavras, quem opera trend following não está preocupado com os motivos pelos quais o mercado oscila, mas somente em observar o sobe e desce dos preços.

Quando o investidor identifica a tendência, ele se posiciona “comprado” ou “vendido”, dentro do limite de risco que estabeleceu. Ele só vai abandonar a posição que assumiu quando a tendência deixar de existir. Por isso é que, no trend following, a sua postura é passiva em relação ao investimento.

Perceba que essa metodologia desconsidera totalmente os fundamentos da empresa. Não há uma avaliação de indicadores financeiros, nem de cenários e perspectivas para a economia. Ou seja, para quem é adepto da análise fundamentalista, o trend following certamente não é a metodologia mais adequada para investir.

Além disso, para que possa ser bem utilizada, essa técnica demanda conhecimentos bem específicos sobre indicadores da análise técnica. Existem diferentes indicadores baseados na análise da volatilidade dos ativos. Clique aqui e conheça alguns deles.

Por fim, segundo alguns especialistas, o trend following não tem proporcionado resultados tão bons nos últimos anos. Alguns atribuem isso aos mercados estarem se tornando cada vez mais eficientes com a utilização de tecnologias capazes de identificar e neutralizar ineficiências antes de os investidores conseguirem explorá-las.

Deu para entender como funciona a metodologia? Se você se interessa por análise técnica, dê uma olhada neste artigo sobre a Teoria de Dow, e conheça importantes conceitos utilizados por analistas técnicos.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo