Formador de Mercado: saiba qual é a sua função

O market maker (formador de mercado) é uma pessoa jurídica, atuante do mercado, devidamente cadastrada na B3 (Bolsa de Valores Brasileira), que tem por função manter a perspectiva de compra e venda de ativos, dando liquidez a eles. 

Esse, estabelece o preço máximo e mínimo para se comprar e vender um ativo - dessa forma, a volatilidade dos papéis com baixa liquidez é reduzida, ao mesmo tempo que se estabelece um preço justo para o ativo.

Os formadores de mercado podem inserir e organizar cotações para vender, comprar e executar pedidos. Devem operar de acordo com os estatutos da bolsa, aprovados pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Exercem a função de formador de mercado: bancos, corretoras, e demais instituições financeiras contratadas para tal função. Além desses exemplos, um formador de mercado também pode ser um intermediário individual. 

Contudo, a respeito do tamanho do capital necessário para facilitar o volume de compras e vendas, a grande maioria de formadores de mercado trabalham em nome de grandes instituições.

A importância do Formador de mercado

Resumidamente, eles atuam como uma garantia a fim de fornecer soluções de “movimento” para compra e venda de ativos.

Em análise ao mercado de ações, a maioria dos investidores optam por buscas de ações de grandes empresas, excluindo, portanto, as de médio porte. Por terem poucos compradores, as empresas de médio porte acabam tendo investidores afastados pela falta de liquidez nos seus títulos.

Para atrair esses investidores, entra em ação um market maker, que garantirá o aumento da liquidez dos ativos e garantirá negociação para o investidor. Ou seja, a partir de um formador de mercado, os títulos desta empresa apresentarão movimento de compra e venda.

Possuir um market maker na B3 é uma forma de atrair investidores e reduzir a volatilidade do ativo.

O formador de mercado deve respeitar certas objeções, como quantidade mínima, spread máximo e percentual de atuação na sessão de negociação. Tal quantidade é estabelecida pela B3, de acordo com as características do ativo e dinâmica do mercado.

Em suma, o significado do termo formador de mercado não foge de um entendimento ao pé da letra, pois é realmente isso que significa - há a formação de um movimento de mercado para atrair investidores.

Como os Formadores de mercado obtêm lucros

A B3 pode conceder benefícios aos formadores de mercado no custo das negociações, como isenção de emolumentos e taxas de negociação - isso é feito para incentivar suas atividades. 

As ofertas do formador de mercado, no entanto, devem competir em condições de igualdade com as demais ofertas do mercado e respeitar os critérios de melhor preço e ordem cronológica de registro.

Os formadores de mercado estão propensos a riscos por manter ativos líquidos, pois podem, antes de serem vendidos a outro comprador, apresentar declínio no valor do título. Devido a isso, há a cobrança de spread nessas operações.

Ganhando com a venda de ações 

Exemplo: uma ação comprada por R$ 25,00, é vendida por R$ 25,50. O lucro gerado na venda de cada ação desse tipo é de R$ 0,5. 

Esse valor parece baixo quando analisado isoladamente, mas leve em consideração um alto volume de ações vendidas. Esse spread que, só parece pequeno, resulta em grandes lucros.

Dessa forma, pode-se dizer que um formador de mercado é uma figura essencial para garantir o funcionamento de todo o mercado, trazendo a importância da liquidez na negociação de inúmeros ativos. 

Quer entender mais sobre o mercado financeiro? Aqui no Yubb você adquire informações de qualidade!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo