O que é análise fundamentalista?

Investir em renda variável é sempre arriscado, mas existem estratégias para que o investidor se sinta mais seguro e para aumentar as chances de a aplicação ser bem-sucedida. 

Uma dessas estratégias é a análise fundamentalista, que consiste em analisar o desempenho da empresa em relação ao mercado e, a partir disso, fazer uma escolha melhor.

Na análise fundamentalista, são estudados os FUNDAMENTOS da empresa. São analisados o que chamamos de indicadores, que são números que dizem respeito ao mercado macro e microeconômico da empresa.

Existe uma variedade de indicadores, mas não é necessário que o investidor observe todos, é possível escolher apenas alguns, tudo dependerá daquilo que o investidor quer analisar.

Através do site do Yubb, você consegue ter acesso a esses indicadores, de forma simples e rápida. 

Para consultar a explicação do desempenho da empresa naquele trimestre, ou seja, porque ela apresentou bons ou maus resultados, é necessário entrar no site de RI (Relacionamento com o Investidor) e ler o relatório divulgado pela companhia. 

Com a análise fundamentalista, também é possível que o investidor entenda mais sobre o setor em que a companhia atua, se ela está aproveitando as oportunidades e se a gestão cumpre com seu papel de trazer resultados.

Analisar os fundamentos da empresa, é um método utilizado por dois tipos de investidores: holders e value investors

Os holders são aqueles que investem com foco no longo prazo e sua estratégia é lucrar tanto com a valorização da empresa, quanto com os dividendos distribuídos. 

Já o value investor, investe em empresas que acredita estar abaixo do valor real e que por isso, deve apresentar valorização em um determinado espaço de tempo. 

Esse investidor usa da análise fundamentalista para enxergar um real potencial de crescimento da empresa e por isso, percebe a diferença entre o valor da companhia e o preço da ação. 

Por isso, a análise fundamentalista é tão indicada para ambos os tipos de investidores, porque ela estuda o valor de uma empresa e não apenas o preço de seus ativos na bolsa de valores.

Dois grandes investidores são adeptos à análise fundamentalista: Benjamin Graham e Warren Buffett. Eles utilizaram desse método para aumentar seu patrimônio e diminuir as chances de erros nos investimentos. 

Indicadores da análise fundamentalista

Existem 5 subgrupos dentro dos indicadores e eles são: valuation, endividamento, eficiência, rentabilidade e crescimento. 

Para começar a estudar sobre uma companhia, o investidor pode começar escolhendo um destes subgrupos e a partir disso, os indicadores que irá avaliar.

Valuation:

  • P/L (preço atual / lucro por ação); 
  • VPA (valor líquido por ação);
  • EV / EBITDA (valor da firma / EBITDA);
  • P/ ATIVO (preço atual / ativos);

Endividamento:

  • DÍV LÍQ. / PL (dívida líquida / patrimônio líquido);
  • DÍV LÍQ. / EBITDA (dívida líquida / EBITDA);
  • DÍV LÍQ. / EBIT (dívida líquida / EBIT);
  • PL / ATIVOS (patrímônio líquido / ativos);

Eficiência:

  • Margem Bruta (lucro bruto / receita líquida);
  • Margem EBITDA (EBITDA / receita líquida);
  • Margem EBIT (EBIT / receita líquida);
  • Margem líquida (lucro líquido / receita líquida);

Rentabilidade:

  • ROE;
  • ROA;
  • ROIC;
  • Giro ativos;

Crescimento:

  • CAGR RECEITAS 5 ANOS - taxa de crescimento anual composta, relacionada a receita;
  • CAGR LUCROS 5 ANOS - taxa de crescimento anual composta, relaciona ao lucro; 

Logo após, é necessário decidir se fará um comparativo entre os resultados ao longo de um período determinado ou se vai comparar dois indicadores, como lucro líquido x receita líquida. 

Independente da escolha e do resultado, é interessante que o investidor use outras empresas do mesmo setor como referência. 

Por exemplo: se a intenção é investir em uma companhia do segmento de saúde, selecione duas ou mais e compare os resultados, dessa forma, será possível ter uma panorama sobre os resultados da empresa e como ela está se colocando no mercado.

A análise fundamentalista é importante, pois não se atém somente ao preço de uma ação que é definido mercado, mas analisa o valor da companhia, que é determinado pelos resultados da empresa e pela sua tomada de decisões.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo