Qual é a diferença entre inplit e split de ações?

Se você já investe, ou quer começar a investir em ações, existem importantes eventos corporativos que você deve conhecer. Neste artigo, a gente vai falar sobre inplit e split, e quais os efeitos que isso causa nas ações das empresas. Confira a seguir!

O que é inplit de ações?

No mercado acionário, inplit significa grupamento de ações. Esse evento acontece quando a empresa decide reunir várias ações em uma só unidade.

Por exemplo, dez ações que valiam R$ 5 cada são agrupadas e passam a representar um só título, que agora vale R$ 50.

De forma geral, a empresa utiliza o grupamento de ações quando percebe que os seus papéis estão valendo menos do que ela gostaria. Em termos de valores, não há uma regra específica para se fazer o inplit, mas normalmente as companhias agrupam as ações para evitar que elas baixem de um real.

A vantagem para a empresa é conseguir reduzir o número de títulos que estão em circulação. Dessa maneira, ela contém a volatilidade das ações, e isso ajuda a valorizar os papéis.

Porém, normalmente o mercado não vê com bons olhos esse tipo de prática. Afinal, possivelmente algo sério aconteceu para que os papéis das empresas tenham perdido valor, não é mesmo? Por isso, quando uma empresa anuncia inplit, um dos motivos pode ser tentar manter os seus títulos viáveis para serem negociados na bolsa. Logo, é sempre importante analisar com cuidado como está a sua situação financeira.

O que é split de ações?

Por outro lado, split (ou desdobramento) é quando a empresa divide as suas ações e, com isso, o seu valor baixa na bolsa de valores. Isso normalmente ocorre na situação contrária, ou seja, quando a ação está muito valorizada a ponto de ter ficado cara para o pequeno investidor.

Dessa forma, para manter e aumentar a base de acionistas, a companhia acaba desdobrando os seus títulos em papéis mais baratos, para que continuem acessíveis ao público em geral.

E quais os efeitos desses eventos nos investimentos?

Na verdade, nenhum dos dois eventos causam alguma modificação no patrimônio da empresa ou no valor dos investimentos. Isso porque, se o investidor tem títulos da companhia “ABC” e cada um deles vale R$ 50, se ela fizer um split por cinco, o investidor passará a ter cinto ações que valem R$ 10 cada.

Mas atenção: como vimos, muitas empresas fazem inplit para promover um aumento, de certa forma, artificial no preço das suas ações. Isso sim é um ponto que merece atenção, pois com o tempo, se de fato a empresa tiver problemas, o investidor terá prejuízo com os títulos.

Conclusão

Mesmo sem alterar o valor do investimento, tanto o inplit quanto o split acabam trazendo benefícios na maioria das vezes. Isso porque, quando acontece um desdobramento, os títulos ficam mais baratos para o pequeno investidor, e isso aumenta o seu volume de negociações.

Já no caso do inplit, mesmo que isso exija atenção do investidor, é algo que ajuda a empresa a manter as suas ações em negociação, e isso é importante, principalmente se ela realmente está passando por algum problema financeiro.

Existem outros eventos corporativos que também são importantes para o investidor. Dê uma olhada nos artigos abaixo e saiba mais a respeito!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo