À prova de fogo

Momento decisivo para criptomoedas

evento online e gratuito 4 a 7 de Julho às 19h

Inscreva-se

TSR (Total Shareholder): entenda esse indicador

Para investir bem é necessário que o investidor esteja em constante avaliação de seus ativos, acompanhando seu desempenho. Além da performance da empresa é muito interessante que o investidor entenda qual está sendo a entrega da empresa para ele, ou seja, qual o retorno do investimento realizado.

Essa mensuração pode ser feita através de indicadores e um dos mais importantes para avaliar a entrega de um ativo ao investidor é o TSR - Total Shareholder Return, apesar de não ser um dos mais falados, avaliar o TSR é essencial para manter bons investimentos. Vamos entender tudo sobre o TSR neste artigo, confira!

O que é TSR - Total Shareholder Return?

O TSR - Total Shareholder Return ou em português Retorno Total ao Investidor é o indicador que representa o retorno que um investimento proporciona ao investidor como o próprio nome diz. Esse indicador avalia o desempenho de empresas a partir da performance das ações e da distribuição de proventos

Dessa forma, percebe-se o quanto esse indicador é importante para acionistas e executivos.

Como é calculado o TSR - Total Shareholder Return

Para se calcular o retorno que o acionista irá obter com o investimento, o TSR foca nas duas principais formas de lucro: a valorização da ação e o pagamento de dividendos.

A valorização do ativo ocorre conforme demanda e percepção do mercado sobre o desempenho da empresa.

Já os dividendos também são frutos de uma empresa com bons resultados, pois assim ela é capaz de dividir os lucros com os seus acionistas.

Apesar de estarmos falando da aplicação do TSR em análise de empresas de capital aberto ou seja, listado em bolsa existe também a possibilidade de calcular o TSR para empresas de capital fechado. Porém, neste caso é necessário que seja feito um valuation da empresa para que seja possível identificar variações no seu valor.

Cálculo TSR

A fórmula para o cálculo do TSR é:

TSR = [(Preço Final – Preço Inicial) + Dividendos] / Preço Inicial

Percebe-se que é um cálculo simples, que engloba a variação do preço do ativo e os dividendos pagos, dividido pelo preço inicial do ativo no período observado.

Apesar de ser uma cálculo simples, o indicador TSR é geralmente solicitado junto a equipes especializadas e externas à instituição analisada para evitar qualquer conflito.

Como analisar o TSR - Total Shareholder Return

Após descobrir o valor do TSR da empresa é necessário compará-lo com outro indicador, o CCA - Custo de Capital do Acionista, por exemplo, para assim chegar a uma análise conclusiva.

Sabendo o Custo de Capital do Acionista é possível comparar o valor com o obtido no TSR, em caso de o TSR ser menor que o valor do CCA temos que o investimento está com um retorno abaixo do pretendido e saudável, devendo ser analisado o motivo que levou a esse desempenho.

é importante destacar que esse indicador diz respeito ao retorno para o investidor, dessa forma, uma boa empresa com bons resultados por algum motivo pode não estar apresentando um bom retorno, ao mesmo que uma empresa ruim pode apresentar um bom retorno para o investidor se conseguir “enganar” o mercado e seus acionistas.

Por isso é importante que todos indicadores sejam vistos de forma conjunta para que se chegue a uma conclusão sobre o desempenho de uma empresa.

O Yubb está aqui para te esclarecer esses conteúdos que parecem complexos mas que podem melhorar e muito seus investimentos com um pouco de dedicação. Não deixe de conhecer nossos materiais sobre análises de ações e como investir melhor!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo