Dividendo por ação: como calcular?

Quem deseja investir para ter uma renda passiva, precisa entender como calcular o dividendo por ação. A seguir, mostraremos como funcionam os dividendos e de que forma eles são calculados. Acompanhe!

Para começar, o que são dividendos?

Aqui no Yubb, a gente já falou algumas vezes sobre investimentos que pagam dividendos. Mas nunca é demais lembrar, especialmente se você está procurando por uma renda extra, não é mesmo?

Os dividendos correspondem a uma parte dos lucros da empresa que é distribuída aos seus acionistas. Nesse sentido, é o Conselho de Administração da companhia quem define as condições de pagamentos desses lucros, tanto em relação ao prazo quanto aos valores.

Normalmente, as empresas pagam o dividendo aos acionistas em espécie. Mas também há casos nos quais a distribuição de lucros é feita por meio de ações da própria companhia.

E como calcular o dividendo por ação?

Normalmente, os dividendos por ação são calculados com base na quantidade de ações que o investidor possui, considerando o valor da ação.

Por exemplo: imagine um acionista que possui 100 ações da empresa “Y”, e que essa empresa pague um dividendo anual de R$ 10 por ação. Dessa forma, o dividendo total recebido pelo investidor será:

100 ações x R$ 10 = R$ 1000.

No entanto, a empresa também pode fazer o pagamento dos dividendos estabelecendo um percentual sobre o preço da ação. Tomando o exemplo acima, se cada ação da empresa “Y” for negociada a R$ 50, e a companhia anunciasse um dividendo de 5% sobre o preço, o investidor receberia da seguinte forma:

R$ 50 x 5% = R$ 25 de dividendos por cada ação.

O dividend yield é o indicador que demonstra o quanto uma ação paga de dividendos aos investidores. Saiba mais sobre isso neste artigo. 

Todas as empresas pagam dividendos?

Algumas empresas, mesmo que apresentem lucros, preferem não distribuí-los aos acionistas, justamente para reinvestir esse dinheiro no próprio negócio. Isso é muito comum nas empresas mais jovens ou que ainda possuem um bom potencial de crescimento.

E será que vale a pena investir em empresas que não pagam dividendos?

Na hora de escolher uma ação, é importante saber que o pagamento de dividendos não deve ser o único critério a ser analisado. Isso porque, mesmo que não receba dividendos, você pode lucrar muito com a valorização das ações. Vai depender do mercado de atuação da empresa e, logicamente, dos seus fundamentos.

Além disso, é preciso tomar cuidado com empresas que pagam dividendos muito acima da média do seu setor. Em algumas situações, pode ser que a empresa esteja utilizando os dividendos justamente como um atrativo para investidores, por não conseguir outras fontes de recursos. Esse é mais um motivo para que você não tome decisões de investimentos baseadas somente nos dividendos.

A melhor forma de analisar uma empresa é utilizando a maior quantidade de indicadores financeiros possíveis da análise fundamentalista. No link abaixo, conheça alguns dos indicadores financeiros mais importantes utilizados por analistas e investidores!

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo