O que é a boleta na bolsa de valores?

Se você já investe, ou deseja começar a operar na bolsa de valores, certamente ouvirá falar muito na boleta. Ela é uma ferramenta utilizada nas negociações de ativos, e é por meio dela que se emitem as ordens de compra e venda.

Continue a leitura deste artigo, e saiba mais sobre como funciona essa ferramenta.

O que é boleta?

A boleta é o local no qual são colocados os ativos que terão negociação na bolsa de valores. Nela constam as informações necessárias para as transações, como descrição dos ativos a serem negociados, preços e quantidades.

Pode-se colocar na boleta também o tempo que a ordem ficará no mercado. Nesse caso, existe a opção de manter a ordem até ser concluída (comprada ou vendida), ficar em aberto até o encerramento do pregão ou mesmo estabelecer uma data, como dias, semanas ou meses.

Todo esse conteúdo da boleta pode ser personalizado, e vale para a sua ordem de compra ou venda.

Como funciona a boleta?

Sempre que desejar negociar uma ação, ETF, fundo imobiliário ou qualquer outro ativo de renda variável negociado na bolsa, o investidor deverá utilizar a boleta. Ela serve para cadastrar a ordem de compra ou venda na bolsa.

As corretoras disponibilizam a boleta para os seus investidores nas suas plataformas de negociação, conhecidas como home brokers. Por meio dessas plataformas é que se lançam as ordens de compra e venda dos ativos na bolsa de valores.

Neste artigo, saiba mais sobre o que é e como utilizar o home broker. 

Para abrir a boleta dentro do home broker, o investidor precisará informar o tipo de ordem (compra ou venda) e escolher o ativo a ser negociado. As ações podem ser informadas pelos códigos (VVAR3 para Via Varejo, por exemplo).

Além disso, também precisam ser definidos o valor que se deseja pagar pelo ativo e a respectiva quantidade. Depois de todas as informações lançadas, é só inserir a senha eletrônica e confirmar a ordem de negociação.

Outras funções disponíveis na ferramenta

Se o investidor quiser comprar a ação a qualquer preço, não é necessário informar previamente o valor desejado. Isso porque a boleta possui uma opção para compra sem a necessidade de consulta de preço.

A ferramenta também possui opção de lançar uma ordem de compra com o valor próximo do que o ativo está sendo negociado (valor de mercado).

Outra função importante disponível é a possibilidade de inserir informações de Stop Gain e Stop Loss. Além disso, também é possível colocar um vencimento na ordem lançada ao mercado, que pode ser restrita ao dia do pregão ou pré-definida em alguns dias. 

Deu para entender como funciona a boleta? Caso tenha dúvidas sobre esse ou outros assuntos, ou deseje saber mais sobre como operar na bolsa, mande suas perguntas!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo