Relatório gerencial de FIIs: qual a importância?

Você é do tipo que acha chato ler relatório gerencial de fundos de investimento? Pois saiba que isso é o mais comum de acontecer entre os investidores. Afinal, quem tem tempo e paciência para tantos números, gráficos e informações técnicas, não é mesmo?

Porém, o relatório gerencial de FIIs é um dos documentos mais importantes desse investimento. Por isso, se você pensa em adquirir cotas de um fundo imobiliário, não tem escapatória!

Pensando em facilitar as coisas, relacionamos alguns pontos importantes para os quais você deve prestar mais atenção na hora de ler esse relatório. Confira a seguir!

Mensagem inicial do gestor

A mensagem inicial do gestor é uma das primeiras informações que aparece no relatório gerencial dos FIIs. Ela deve ser clara e contemplar os últimos acontecimentos importantes do fundo.

Novas aquisições, locações, reformas e revisionais dos contratos são alguns exemplos de informações relevantes. Além disso, é importante que a mensagem contenha atualizações sobre o contexto econômico, e sobre como a gestão se posicionará em relação à conjuntura. 

Patrimônio do fundo e sua evolução

Também é importante acompanhar a evolução do patrimônio do fundo. O ideal é que apresente crescimento a cada ano, principalmente no caso de fundos de gestão ativa.

Taxas cobradas pelo FII

Muita atenção neste ponto, pois taxas muito elevadas podem comprometer a rentabilidade do seu investimento!

Normalmente, a taxa de administração vai de 0,5% a 1%, o que dependerá da estratégia de gestão do fundo. Nesse sentido, fundos de gestão passiva tendem a ter taxas de administração mais baixas do que os de gestão ativa.

Além disso, alguns fundos também cobram taxa de performance, que costuma ser de 20% sobre o que exceder o benchmark, que pode ser o CDI ou o IFIX, por exemplo.

Quantidade de investidores e liquidez do fundo

Normalmente, a quantidade de investidores está diretamente relacionada à confiança que o mercado tem no FII, seja pela expertise do gestor ou qualidade dos ativos. E, quanto mais investidores o fundo atrair, mais liquidez as suas cotas terão no mercado, ou seja, maior será o volume de negociações diárias do FII na bolsa de valores.

Embora essa não seja uma regra absoluta, na maioria das vezes reflete a posição dos investidores.

Taxa de vacância

É uma das informações mais importantes e, também, uma das mais fáceis de encontrar no relatório gerencial de FIIs. Uma vacância elevada pode indicar problemas na conjuntura econômica (como no caso da pandemia, que atingiu imóveis comerciais e shoppings centers), ou ativos de baixa qualidade na composição do patrimônio do fundo.

A vacância nos FIIs pode ser física ou financeira. Saiba tudo neste artigo. 

Relação entre resultado e distribuição

Os FIIs disponibilizam uma mini DRE (Demonstração do Resultado do Exercício). Lá você consegue ver qual foi o resultado e quanto o fundo distribuiu aos cotistas. É importante analisar isso, para saber se o que foi pago ao investidor está em linha com o resultado do FII ou se ocorreu algo fora do normal no período.

Deu para entender a importância de analisar o relatório gerencial dos FIIs? Quer saber mais sobre investimentos no mercado imobiliário? Utilize nosso buscador, ou mande as suas perguntas que lhe responderemos!

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo