RLP (Retail Liquidity Provider): o que é e como funciona?

O RLP (Retail Liquidity Provider) é um sistema de negociação disponível na bolsa de valores (B3) desde agosto de 2019, que veio para facilitar as operações de quem atua em mercados de maior volatilidade.

Por enquanto, o sistema está disponível apenas para operações de minicontratos. Porém, a expectativa da B3 é, futuramente, expandir a sua utilização para outras modalidades.

Os minicontratos são uma espécie de derivativo. Neste artigo, saiba mais como funcionam os minicontratos:

A seguir, saiba mais detalhes sobre para que serve, como funciona e quais as vantagens do RLP.

Para que serve o RLP?

O objetivo do RLP é aumentar a liquidez dos ativos negociados e melhorar os seus preços de execução. Na prática, ele ajuda o investidor a vender quantidades grandes de minicontratos por um único preço.

Ao vender em lotes maiores, os investidores conseguem evitar o problema da baixa liquidez, que os obrigaria a vender em quantidades menores e com preços diferentes.

Como o RLP funciona na prática?

Todas as operações fechadas via RLP são feitas com a própria carteira de clientes da instituição. A primeira coisa que o investidor deve fazer é aderir ao RLP e autorizar a sua corretora a fazer as ofertas por meio do sistema. 

Depois de autorizada, a corretora faz uma oferta e o investidor sinaliza com a intenção de compra ou venda de determinada quantia. É importante observar que o preço deverá ser o melhor disponível no mercado naquele momento.

Dessa maneira, ao operar minicontratos, o investidor tem à sua disposição preços iguais ou melhores do que os do livro de ofertas.

E o que é o livro de ofertas?

O livro de ofertas é o local onde estão registradas as intenções de compra e venda dos ativos negociados na bolsa. Ele contempla três pontos principais: o preço das ofertas, o volume ofertado e quem está fazendo a oferta.

É importante saber que as transações feitas pelo RLP não podem ser superiores a 15% do volume total negociado. Isso é para assegurar que o cliente não se sinta obrigado a utilizar o RLP, e sim veja a ferramenta como algo que pode lhe beneficiar.

Vantagens do RLP

As principais vantagens que o RLP trouxe para as negociações foram as seguintes:

Aumento da liquidez

Como vimos, o maior volume de negociações proporcionado pelo RLP aumenta a liquidez do mercado de minicontratos.

Fim da necessidade de fazer preço médio

O RLP garante que o cliente tenha um preço igual ou melhor na execução da oferta. Dessa forma, ele não precisa se preocupar em controlar o preço médio dos lotes, o que simplifica as operações.

Transparência

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fiscaliza o RLP. Além disso, todas as operações realizadas pelo sistema devem ser divulgadas pelas corretoras, o que assegura transparência ao processo.

Otimização do mercado

Por fim, com a praticidade do RLP, muitas corretoras já diminuíram e até zeraram taxas de corretagem para quem utilizar o sistema. Isso beneficia o mercado.

Deu para entender como o RLP é importante para as negociações dos minicontratos? Dúvidas? Perguntas? Deixe aqui os seus comentários!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo