Como escolher uma corretora de valores?

Dado que hoje existe uma série de corretoras no mercado, talvez a decisão entre escolher uma ou outra se torne mais difícil. Você que está lendo esse artigo, ou já passou por isso, ou ainda vai passar.

O fato é que existem corretoras para todos os perfis, e denominar qual é a melhor, é uma tarefa individual de cada um, porque o que pode ser bom para você, pode não ser bom para o outro. Então eu vou mostrar, neste artigo, alguns pontos que devem ser levados em conta na hora de escolher.

Primeiro: o que é uma corretora?

De forma sintética, uma corretora é uma intermediadora de recursos voltada para investimentos, portanto ela vai fazer a ponte entre o investidor e os investimentos disponíveis no mercado, tanto de renda variável, quanto de renda fixa, por exemplo: ações, fundos de investimentos, títulos públicos federais, debêntures, CDBs, etc.

Para elas atuarem, é necessário que tenham autorização do Banco Central e, além disso, serão fiscalizadas pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).  

O que eu devo analisar na hora de escolher uma corretora?

Esse é um passo importante, pois existem algumas variações e, para te ajudar, listarei abaixo alguns pontos para se levar em consideração.

Custos

As corretoras podem cobrar de você algumas coisinhas na hora de investir, como por exemplo:

- Taxa de corretagem: essa taxa é cobrada na hora de enviar uma ordem de compra ou de venda. Algumas preferem atribuir um valor fixo para cada ordem, outras preferem atribuir uma porcentagem em cima do montante enviado, mas é mais comum encontrar valor fixo. É interessante dizer que algumas corretoras têm suas taxas zeradas, o que torna bastante interessante para quem investe pouco. Agora, para quem possui um volume maior de recursos, a taxa fixa acaba não tendo tanta relevância, porque o custo, por ser fixo, acaba se diluindo, tornando o valor irrisório;

- Taxa de custódia: é uma taxa que a corretora pode cobrar de você por guardar seus ativos. Algumas decidem por não cobrar;

Plataforma interativa

A plataforma pela qual você acessará os investimentos deve ser levada em conta, pois quanto mais intuitiva ela for, mais fácil será ao realizar suas operações. Verifique também se ela oferece home broker para você investir na bolsa de valores.

Ah, e ela deve ser uma plataforma estável. Imagine que desagradável você acessá-la, mas não conseguir realizar os seus investimentos.

Atendimento

É importante considerar o atendimento como um fator relevante, afinal de contas é o seu dinheiro que está ali e, caso precise de ajuda com alguma coisa, é ótimo poder contar com um atendimento de qualidade.

Conteúdo

Conhecimento nunca é demais! As corretoras tendem a mandar materiais que possam ajudar seus clientes a criarem mais bagagem para investirem melhor.

Autorização CVM

Verifique no site da CVM se a corretora é autorizada a atuar.

As corretoras mais conhecidas do mercado são:

  • XP Investimentos
  • Easynvest
  • Rico
  • modalmais
  • Clear
  • Guide
  • Órama
  • Necton

Na hora de escolher, leve em consideração todas essas características levantadas e pondere cada uma delas para chegar ao custo benefício. E lembre-se, a melhor corretora é aquela que você se identifica.


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo