Índice de Laspeyres: o que é e como funciona?

Yubber, a inflação, além de referenciar uma série de produtos no mercado financeiro, também afeta nossa vida, logo, entendê-la e acompanhá-la é essencial.

Para isso, existem diferentes análises e aplicações dos índices inflacionários que existem no mercado. O índice mais famoso é o IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo), e você certamente já deve ter ouvido falar, mas hoje, falaremos sobre outro: Índice de Laspeyres.

O que é o índice de Laspeyres?

Antes de entender sobre o índice, listei abaixo algumas informações essenciais.

  • Para se chegar no índice, é preciso utilizar a metodologia de Laspeyres, portanto, o índice deriva dessa metodologia;
  • O criador desse método foi o economista alemão Étienne Laspeyres;
  • A metodologia também ficou conhecida como Método da Época Base.

Agora vamos entender o que é, de fato, o Índice de Laspeyres.

O índice mede a mudança nos preços de uma cesta de bens e serviços, em relação a um período-base.

Tanto a metodologia quanto o índice vão refletir o nível geral de preços, o custo de vida da economia, bem como a inflação do país.

O cálculo parte de uma base 100. Então, em períodos em que houver alta de preços, o índice será superior a 100. E em períodos em que houver diminuição de preços, o índice será inferior a 100.

Para o cálculo desse índice de preços, ou seja, índice de Laspeyres, é feita uma média ponderada em relação a um determinado período-base. A metodologia é, inclusive, muito utilizada.

Mas, como calcular o índice de Laspeyres?

Como você já sabe, a metodologia se utiliza de uma média ponderada, e para calcular essa média ponderada, é preciso considerar três variáveis:

·  O preço no período-base;

·  A quantidade disponível na economia no período-base;

·  O preço no período analisado.

A fórmula é a seguinte:

Índice de Laspeyres = [(∑ Pt x Q0) / (∑ P0 x Q0)] * 100

Onde:

Pt = Preço no período considerado

Q0 = Quantidade no período-base

P0 = Preço no período Base

Basicamente, é o seguinte: multiplique o preço atual pela quantidade do período base (faça isso com todos os produtos), e depois some isso. Em seguida, divida isso pela soma dos resultados da multiplicação entre o preço e quantidade do período base.

Para que você entenda melhor a aplicação da fórmula, vamos imaginar a seguinte situação:

Uma determinada empresa tem três tipos de produtos diferentes, e ela quer construir um índice geral de preços desses produtos levando em conta a flutuação dos preços dos insumos correspondentes a cada produto, de 2019 até 2020.

Abaixo, apresento uma tabela com o raciocínio montado, bem como seus respectivos resultados.

Ou seja, nosso resultado foi de 130,43%. Se subtrairmos a base 100 da metodologia (130,43 – 100), sobrariam 30,43%, o que significa dizer que houve um aumento de 30,43% nos preços de 2019 para 2020, de acordo com a metodologia.

O exemplo da empresa foi dado com a intenção de que entendesse melhor como funciona, por conta da simplicidade. Quando aplicado na economia, a lógica é a mesma, mas com um nível de complexidade um pouco maior.

Vantagens e desvantagens do Índice de Laspeyres

Yubber, o índice tem como como vantagem:

·  Facilidade no cálculo;

·  Não exige apurar a quantidade de bens na economia em todos os períodos (apenas no período-base);

·  As mudanças no índice são vinculadas às mudanças de preços nos bens.

Mas, há uma desvantagem:

·  É considerado a quantidade de bens disponíveis, logo, isso pode supervalorizar o aumento de preços e, consequentemente, a inflação.

E aí, Yubber, entendeu o que é e como funciona esse índice?


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo