Como classificar empresas por seu valor de mercado?

Para investir em ações, uma das coisas importantes a conhecer é o valor de mercado das companhias listadas na bolsa. Esse valor de mercado nada mais é do que o preço que os investidores estão dispostos a pagar pelas ações de determinada empresa.

Existem diferentes fatores que contribuem para a formação do valor de mercado. Nesse sentido, há variáveis externas (também chamadas macroeconômicas), e internas, que dependem de fatores específicos da empresa e que podem ser medidas por indicadores financeiros, por exemplo.

Mas afinal, como classificar as empresas pelo valor de mercado?

Existem quatro diferentes faixas de classificação das empresas em relação ao seu valor de mercado: micro caps, small caps, mid caps e large caps. A seguir, veja como identificar cada um desses grupos.

Micro caps

As micro caps são empresas que possuem valor de mercado inferior a R$ 1 bilhão. Essas empresas ainda têm pouca participação na bolsa comparadas às próximas categorias, porém têm sido muito procuradas pelos investidores.

O motivo é o alto potencial de crescimento, já que pertencem ao grupo de menor faturamento. No entanto, também apresentam os maiores riscos, já que, normalmente, são as mais jovens também e, por isso, as suas ações possuem alta volatilidade.

Small caps

No segundo grupo temos as small caps, que são as empresas com valor de mercado entre R$ 1 bilhão e R$ 10 bilhões.

Assim como as micro caps, as small caps também possuem alta volatilidade e as suas ações tem liquidez (volume de negociações) menor do que as próximas que veremos. Isso também faz com que o seu risco seja potencialmente elevado, porém menor do que o da categoria anterior.

Mid caps

Já as mid caps têm valor de mercado entre R$ 10 bilhões e R$ 100 bilhões. Essas empresas possuem volumes de capitalização e liquidez maiores do que as anteriores, mas ainda não estão no maior grupo.

Com as mid caps, o investidor corre menos riscos em termos de volatilidade, e essas empresas também costumam pagar mais dividendos do que as anteriores Isso porque já estão em outro nível de maturidade e, diferentemente das anteriores, não precisam mais investir constantemente no negócio.

Se você se interessa por ações pagadoras de dividendos, leia este artigo.

Large caps

Por fim, temos as large caps, ou seja, as empresas com capitalização a partir de R$ 100 bilhões. É o caso dos gigantes da bolsa, como Petrobras, Vale e os grandes bancos, por exemplo.

Essas empresas também são chamadas de blue chips. Além da maior capitalização entre as quatro categorias, também têm em comum o fato de serem as maiores pagadoras de dividendos da bolsa.

A liquidez das large caps também é a maior entre todas as empresas. Isso porque, pelo fato de possuírem o desempenho mais estável entre os quatro grupos, sempre haverá investidores interessados nas suas ações. Logo, o volume de negociação dos títulos também será superior ao das anteriores.

E como definir o valor de mercado das empresas?

Aqui no Yubb, já falamos sobre valuation. No artigo abaixo, saiba como funciona essa técnica de avaliação de empresas e conheça algumas formas de fazer o valuation das empresas.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo