Vale a pena alugar ações da bolsa?

Nem todo investidor sabe disso, mas não é só com fundos imobiliários que se pode receber aluguéis na bolsa de valores. Outros ativos que também podem ser alugados são as ações, e isso pode trazer benefícios tanto para quem aluga quanto para quem tem ações para alugar.

O aluguel de ações é um meio importante pois propicia a formação de diferentes estratégias para investidores, o que pode amplificar a rentabilidade de sua carteira.

Estratégias que usam aluguel de ações para ganhar dinheiro

Para entender se vale a pena o aluguel de ações é necessário entender quais as estratégias que são realizadas a partir desse instrumento. Vamos conhecer algumas:

Ampliação de renda no buy and hold – lucro para o locador 

O buy and hold se populariza cada vez mais entre investidores que pretendem acumular patrimônio ao longo da vida e assim compram empresas com fundamentos de forma que não pretendem se desfazer do ativo.

Mas quem deixa suas ações paradas em carteira para receber dividendos pode receber um lucro extra se alugar essas ações. O aluguel de ações não incorre em diminuição do patrimônio, pois os dividendos continuarão a ser recebidos pelo locador, ao contrário podem aumentar seu lucro com o valor da taxa paga pelo locatário.

Essa taxa de aluguel varia muito conforme a demanda por um ativo e sua liquidez.

Venda descoberta de ações – lucro para o locatário na queda de um ativo

A venda descoberta é uma estratégia na qual investidores pretendem ganhar dinheiro com a desvalorização de um ativo para isso tomam em aluguel ações do ativo que acreditam que se desvalorizará e o vendem no preço que acreditam estar elevado para o ativo.

Quando esse ativo cair de preço, o investidor devolve as ações alugadas pagando as devidas taxas e compra a ação pelo preço menor para o seu comprador. Dessa forma realiza lucro com a diferença entre o valor pago pela ação comprada barata e o valor da ação vendida mais cara somada ao custo do aluguel.

Esse tipo de estratégia, porém, é especulativa já que não há como prever o valor de um ativo no tempo, ainda que possua fundamentos e assim possui certo risco em sua operação. As margens dessa operação devem ser feitas de forma a garantir o lucro em situações adversas, ou ao menos um prejuízo minimizado.

Como alugar ações?

O procedimento para alugar ações varia conforme a corretora, mas quem quer dar suas ações para alugar deve contatar a corretora para verificar as taxas que serão cobradas do aluguel e estabelecer prazo de devolução. 

As ações alugadas “somem” da sua carteira, porém seu patrimônio e a posse dessas ações não é alterada. Os proventos ainda serão recebidos por você, assim como será sua obrigação declarar a posse dessas ações no Imposto de Renda.

Dependendo da opção feita na hora de dar em aluguel suas ações você ainda terá o direito de pedir elas de volta ao locatário. 

Custo do aluguel de ações

Para alugar ações o locatário deverá pagar as taxas da corretora para essa operação mais o valor do aluguel ao locador. Ambos são valores variáveis mas devem ser levados em consideração para compreender se vale ou não a pena realizar essa operação.

Enfim, vale a pena alugar ações da bolsa de valores?

De forma bem direta, o aluguel de ações para o locador sempre reflete em uma forma de lucro caso tenha em mente de não se desfazer da ação no curto e médio prazo.

Já para o locatário, para compreender se o aluguel de ações compensará deve-se ter uma estratégia bem definida com um gerenciamento de custos e riscos.

Para mais conceitos sobre o mercado de renda variável e investimentos em geral não perca nossos artigos, temos centenas à sua disposição, aproveite para aprender!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo