O que é ticker? Como identificar cada um?

Ticker nada mais é do que um código que abrevia o nome dos ativos da bolsa de valores, de forma que fique mais fácil a procura destes ativos na hora de negociar.

Basta que o investidor digite o ticker da empresa desejada na própria corretora.

Uma das grandes vantagens da codificação dos ativos é a diferenciação de ações ordinárias e ações preferenciais, facilitando o trabalho do investidor.

As bolsas do mundo inteiro possuem regras específicas na hora de codificar cada ativo. No Brasil, os códigos são formados por 4 letras e um número.

Como por exemplo, na bolsa brasileira, os tickers da Petrobras são PETR3 (ordinária) e PETR4 (preferencial). Mas na bolsa americana de Nova York (NYSE) a codificação muda para PBR.

Componentes do ticker na B3 

Para que o entendimento fique mais claro ainda, é importante explicar cada componente do Ticker aqui no Brasil, que é formado por letras e números, mas obviamente existe um motivo para cada fator do Ticker.

As letras representam o nome da empresa, de forma que aparecem como os 4 primeiros componentes:

  • Ambev: ABEV3
  • Itaúsa: ITSA4
  • Vale: VALE3
  • XP Malls FII: XPML11

Como se pode observar, os códigos possuem número diferentes entre seus componentes. Isso se explica da seguinte maneira:

  • O número 3 representa uma ação ordinária (ex: ABEV3);
  • O número 4 representa uma ação preferencial (ex: ITSA4);
  • O número 11 normalmente representa BDRs, ETFs e fundos imobiliários (ex: XPML11);
  • O 1 quer dizer que aquele ativo possui direito de subscrição a uma ação ordinária;
  • Já o número 2 possui direito de subscrição sobre uma ação preferencial;
  • O 9 possui uma representação da subscrição da ação ordinária;
  • O 10 possui uma representação da subscrição de ação preferencial;
  • Os número de 5 a 8 representam ações preferenciais de classe A,B,C e D, respectivamente.

O mercado de opções de ações também possui sua decodificação. Mas, diferentemente das ações, as opções são representadas por 5 letras, sendo que a última representa o mês de vencimento da opção.

Por meio dos Tickers é possível encontrar uma série de dados relevantes como o preço do ativo atualizado em tempo real, a porcentagem de alta ou baixa do preço atual em comparação com o início do pregão, o volume negociado de papéis e a quantidade de operações que estão sendo feitas pelo mercado no determinado papel.

Isso tudo só é possível devido ao grande avanço da tecnologia e das instituições como os bancos e as corretoras, que oferecem tudo em tempo real e disponível a poucos cliques de distância para cada investidor. 

Portanto, o ticker serve para facilitar a vida do investidor na hora de identificar, organizar e negociar as empresas desejadas.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo