Como ter lucro nos investimentos: 5 dicas

A grande missão dos investimentos é fazer com que o dinheiro cresça e, preferencialmente, mais do que a inflação. Mas, como o mercado financeiro é volátil e sensível, nem sempre isso é possível.

Ainda assim, existem alguns exercícios que os investidores podem fazer para minimizar os momentos ruins e conseguir aproveitar as melhores oportunidades. Contudo, não existe fórmula certa para que os crescimentos sejam sempre crescentes.

Por isso, antes de mais nada, o investidor deve ter um autoconhecimento da sua tolerância aos riscos. Depois disso, é possível construir uma carteira mais sólida e compatível com cada perfil. Para que os lucros sejam consistentes, listamos aqui cinco importantes dicas:

1. Planeje

O planejamento é um dos pontos fundamentais para qualquer movimento no mercado financeiro. Para construir um plano desses, é preciso estipular metas e prazos usando variáveis que são reais e possíveis.

O Yubb tem uma ferramenta onde você pode simular os seus investimentos por meio de cálculos, com aportes mensais e valor inicial. A plataforma usa as modalidades de renda fixa para comparar os resultados: Clique aqui para conhecer o simulador de investimentos do Yubb.

Os lucros podem ser construídos de forma planejada por meio desses mecanismos de busca. Com isso, o investidor pode fazer uma planilha exequível de investimentos que caibam no seu orçamento e possibilite novas conquistas.

2. Tenha paciência

O investidor precisa ter em mente que não existem ganhos rápidos e garantidos. Ou seja, por mais que existam oportunidades que possam oferecer isso, elas quase nunca são previsíveis. Caso fossem, seria muito mais fácil enriquecer.

Portanto, é preciso ter paciência e foco no longo prazo. É perceber que os melhores resultados são aqueles que investem no tempo como principal fator de rendimento.

A matemática dos juros compostos é uma grande aliada. Quanto mais tempo uma aplicação fica exposta aos juros, mais os rendimentos serão potencializados pela lógica percentual.

Isso acontece não só nos ativos em renda fixa, como nos de renda variável. Por exemplo, o investidor só não lucra com uma ação quando não espera a valorização do papel que ele comprou.

3. Conhecimento é potencializador do lucro

Existem duas formas de obter lucros nos investimentos: passiva ou ativamente. Na primeira, os ganhos acontecem quase que automaticamente. Na segunda, o investidor precisará ter uma gestão ativa para efetuar compras e vendas para lucrar em cima dos papéis.

O fato é que ambas categorias de rendimentos exigem conhecimento do investidor. Ou seja, ele deve saber quais são as características dos investimentos que ele submeteu à sua carteira.

Na renda fixa, por exemplo, existem aplicações que são isentas de taxas e que possuem ganhos muito mais expressivos no longo prazo. Na variável, o investidor precisa conhecer os cenários econômicos e empresas para estabelecer quais são os momentos de entrada e saída.

4. Tenha uma gestão ativa

No mesmo sentido da dica anterior, é fundamental que o investidor tenha uma gestão ativa dos investimentos da sua carteira. Isso deve acontecer mesmo quando as aplicações possuem características de renda passiva.

É preciso estar atento ao mercado e ao noticiário para perceber as oportunidades e poder revisar aquilo que não está dando o resultado esperado.

5. Pesquise preços e taxas

As taxas de corretagem, administração, performance e os impostos interferem de forma direta nos seus rendimentos. Portanto, fuja dos investimentos e das corretoras que podem acabar com suas oportunidades de lucro.

Numa pesquisa rápida, é possível encontrar aplicações que garantam retornos mais consistentes para sua carteira. 

O Yubb é uma dessas plataformas que possibilita a comparação de investimentos de forma fácil e gratuita. Além de exibir as rentabilidades brutas e líquidas, mostra várias características dos ativos para que os investidores possam tomar as melhores decisões.


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo