Peer-to-peer lending (P2P): o que é e como investir?

Conseguir crédito para viabilizar investimento em uma empresa é uma missão muito difícil, os bancos principais detentores de capital possuem condições que muitas vezes são inviáveis para muitas empresas, principalmente as que se encontram em fase de crescimento.

Porém, surge a pouco tempo uma proposta que promete ser a oportunidade para aliar interesses de quem deseja investir e empresas que precisam de capital, a proposta do peer-to-peer é unir esses dois interesses em uma negociação boa para ambos os lados.

Conheça essa forma de investimento coletivo neste artigo sobre o P2P, mas temos ainda um bônus! Quem preferir um papo mais descontraído com os principais líderes de casas de P2P lending pode assistir o vídeo que fizemos com as 4 maiores Fintechs da área!

O que é Peer-to-peer lending (P2P)?

O peer-to-peer lending é uma modalidade de investimento de empréstimo coletivo em que plataformas unem investidores que querem buscar uma melhor rentabilidade com empresas que necessitam de capital, porém, possuem dificuldades de conseguir empréstimos nos bancos tradicionais.

O nome peer-to-peer significa “par a par” pois o objetivo é que a operação seja feita de forma direta entre investidor e empresa. Assim não há uma instituição que fica com o dinheiro entre esses entes, as decisões são realizadas pelo investidor e pela empresa tomadora do empréstimo.

O peer-to-peer é interessante pois cria uma nova forma de investir para quem possui um montante poupado.

Como funciona o peer-to-peer lending?

Essa forma de investimento não ocorre através da compra de ações, no peer-to-peer lending uma empresa faz a intermediação da relação entre investidor e empresa recebendo o valor que o investidor possui disponível para aporte e emprestando esse montante para uma empresa em condições que já foram acordadas com as partes envolvidas.

Porém, ainda que exista a intermediação, no peer-to-peer lending estando todos os acordos realizados a operação de empréstimo é repassada para investidor e empresa beneficiária, formalizando uma forma direta de investimento.

A relação entre o investidor e a empresa que recebe o crédito no P2P é estritamente financeira, não existindo vinculação societária alguma.

Vantagens do peer-to-peer lending

O peer-to-peer é bastante interessante para a empresa tomadora do empréstimo pois seu formato diminui burocracias e o custo da operação tornando o crédito mais acessível.

Para o investidor, o P2P é uma oportunidade de lucrar com melhores taxas do que as tradicionais aplicadas na renda fixa, por exemplo, ainda que existam riscos na operação com uma boa plataforma intermediadora o investidor consegue condições que diminuam os riscos.

Ainda existe o impacto social desse investimento pois auxilia o processo de desenvolvimento de pequenas e médias empresas que são foco desses investimentos.

Riscos do P2P

O peer-to-peer lending é um investimento de risco um pouco mais elevado pois você estará investindo diretamente na empresa, não existindo garantias de um intermediador - como é feito por um banco. Dessa forma o investidor deve estudar bem a empresa antes de fechar o negócio.

Desse modo, esse tipo de investimento não é para todos investidores, você deve conhecer bem seu perfil e apetite de risco. 

Geralmente esse tipo de investimento é para quem já possui outros investimentos e possui o apetite por risco maior, não investindo seu patrimônio principal inteiro na aplicação.

Como investir por peer-to-peer lending?

As plataformas que fazem a intermediação entre investidor e empresa são responsáveis por oferecer as informações da empresa tomadora para o investidor. As plataformas de P2P realizam uma triagem dos solicitantes para garantir o mínimo de segurança para o investidor.

O investimento em P2P surge como uma nova opção para aumentar seu portfólio como investidor, dessa forma se desejar investir no P2P busque aplicar mantendo uma diversificação dos seus investimentos.

Conheça mais opções para melhorar sua carteira no nosso buscador gratuito de investimentos!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo