O que é operar comprado na bolsa?

Com o aumento da atuação da pessoa física na bolsa e consequente aumentos dos influencers sobre mercado financeiro alguns termos próprios de operações na bolsa de valores estão cada vez mais próximos do investidor geral.

Mas nem sempre entendemos o que algumas expressões significam. Isso pode causar além de confusão até mesmo perdas de capital se você não estiver atento a como realizar suas operações.

Hoje vamos aprender sobre o conceito de operar comprado e como essa estratégia é utilizada nos seus investimentos.

  • O que é operar comprado?
  • Como operar comprado?

O que é operar comprado?

Operar comprado é quando você acredita que o preço de uma ação irá subir, ou seja, que ela irá se valorizar.

Quem opera comprado geralmente realizou uma análise e verificou que existe potencial de ganhar dinheiro com a elevação do preço do ativo. Essa valorização pode ocorrer por diferentes motivações, sendo assim não é necessariamente fruto de uma análise fundamentalista.

Essa é o meio pelo qual a maioria dos investidores ingressa na bolsa de valores, ganhar dinheiro com a valorização de um ativo de forma exponencial.

Essa é muitas vezes a opção de quem busca investir com foco no longo prazo pois as valorizações tendem a ocorrer com o passar do tempo. Todavia, também ocorrem em operações de curto prazo, sejam day trade ou mesmo swing trade em pequenos espaços de tempo.

Como operar comprado?

A operação comprada sendo a mais comum entre os investidores por vezes não recebe a devida atenção já que “todo mundo faz”. Porém independente do modo de estudar, seja comprado ou operando vendido, é necessário que você estude qual estratégia utilizar.

Para operar comprado é essencial que seja feita uma análise, seja ela gráfica, de mercado ou da empresa. 

O tempo no qual o investidor fica posicionado numa ação é um dos fatores mais importantes para definir uma operação comprada ou vendida.

Outro fator importante para operar comprado é a paciência pois muitas vezes uma valorização pode demorar a ocorrer. Ou também a valorização pode ocorrer de forma rápida, e você impaciente não espera o ganho total e realiza (vende e faz lucro) antes do momento em que o ativo te dará maior retorno.

Tudo isso contudo vai depender de sua estratégia de investimento: se é de curto prazo, médio prazo ou longo prazo.

Operar comprado no curto prazo

O investimento no curto prazo requer a avaliação de sinais de tendência de valorização e certa especulação. Nada garante que o preço de um ativo, todavia, com a análise adequada é possível entrar em momentos de valorização e fazer lucros com a venda nos topos de preço. Essas operações são muito realizadas no day trade a partir de análise gráfica.

Operar comprado no médio prazo

O investidor de médio prazo opera comprado esperando uma valorização que irá se transformar em lucro, ou seja, ele vai realizar a venda quando a operação apresentar rendimentos. Da mesma forma, esse investidor fica atento a sinais de alta nos preços ou de divergência entre os preços e fundamentos da empresa.

Por exemplo comprando um ativo em um momento de crise e que está abaixo do valor e esperando a correção do mercado para realizar o lucro com a venda no seu preço justo.

Operar comprado no longo prazo

Quem opera comprado no longo prazo precisa estudar bem os fundamentos da empresa de forma que tenha confiança real de que o preço de suas ações irá subir no longo prazo e o valor de mercado da empresa irá se valorizar.

Esse tipo de investidor geralmente não tem só o objetivo de aumentar seu patrimônio com a venda das ações em melhores preços, mas sim de fazer parte de todos os lucros da empresa como acionista. 

Entendeu como operar comprado na bolsa de valores? Apesar de ser um procedimento comum é importante entender bem para adequar sua estratégia.

Conte com nossos conteúdos aqui e nas redes sociais para tirar todas suas dúvidas sobre como investir bem!

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo