Rentabilidade da poupança: como calcular?

Se você ainda tem dinheiro na poupança, não deve estar nada feliz com o resultado dos seus investimentos. Em 2020, a aplicação perdeu para a inflação, e teve a pior rentabilidade dos últimos 18 anos.

É isso mesmo! Apesar de ainda ser a aplicação mais popular entre os brasileiros, há tempos a rentabilidade da poupança deixa a desejar. Isso tem relação com o novo patamar de juros do Brasil. A queda da Selic achatou o rendimento de muitas aplicações de renda fixa, e a poupança foi a que sofreu o pior impacto.

A seguir, veja como calcular a rentabilidade da poupança, e saiba como sair da caderneta e começar a investir em alternativas mais rentáveis.

Como calcular a rentabilidade da poupança

A rentabilidade da poupança depende da variação da taxa Selic. Logo, o seu rendimento não é fixo. Além disso, deve-se considerar dois períodos distintos para o cálculo dos rendimentos: um para os depósitos anteriores a 4 de maio de 2012 e outro para as aplicações posteriores a essa data.

Para as aplicações anteriores a 4 de maio de 2012, a rentabilidade da poupança é 0,5% ao mês + taxa referencial (TR), que está zerada atualmente.

para os depósitos realizados a partir de 2012, o rendimento é calculado da seguinte forma:

- Quando a Selic estiver abaixo de 8,5% ao ano, a poupança pagará 70% dessa taxa mais a Taxa Referencial (TR)

- Por outro lado, se a Selic for superior a 8,5% ao ano, o rendimento será de 0,5% ao mês mais a TR.

A TR é uma taxa referencial criada nos anos 90. Naquela época, a economia brasileira sofria com a hiperinflação. O objetivo da criação da TR foi uma tentativa de controle da inflação, ao servir de referência para os preços.

Além da poupança, a TR influencia também o FGTS. Neste artigo, entenda como a taxa funciona.

Rendimento acumulado da poupança em 2020

De janeiro a setembro, o rendimento nominal da poupança foi de 2,11%. Confira o desempenho mês a mês: 

Mês/2020
Rendimento mensal (a partir de maio/2012)
Janeiro
0,25%
Fevereiro
0,25%
Março
0,24%
Abril
0,21%
Maio
0,21%
Junho
0,17%
Julho
0,13%
Agosto
0,13%
Setembro
0,12%
Outubro
0,12%
Novembro
0,12%
Dezembro
0,12%
Acumulado
2,11%

 

No entanto, para o investidor o que vale é o rendimento real da aplicação. Para isso, devemos descontar a inflação de 2020 medida pelo IPCA, que foi de 4,52%. Dessa forma, a poupança registrou desempenho negativo de 2,41% no ano passado, a pior rentabilidade desde 2002

Cabe lembrar que, em 2019, a poupança também não teve ganho real. O seu rendimento acumulou perda de 0,05%, ficando, praticamente, empatado com a inflação.

Quero sair da poupança, mas não conheço outros investimentos. E agora?

Se esse é o seu caso, saiba que não é um problema! Existem diversos investimentos que proporcionam ao investidor ganhos bem maiores do que a poupança.

Veja neste artigo algumas dicas para sair da poupança e rentabilizar os investimentos.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo