Ações que não pagam dividendos valem a pena?

O investimento em ações é uma forma de preservar poder de compra mas também de aumentar o capital. Existem diferentes estratégias que podem ser adotadas pelos investidores para poder fazer dinheiro na bolsa de valores.

Muitas vezes é comum a rivalidade entre quem adere uma estratégia e quem escolhe outra. Uma das principais disputas é sobre a importância ou não do recebimento de dividendos, e daí vem a pergunta: “Vale a pena investir em ações que não pagam dividendos?’

Esse artigo vai tirar suas dúvidas de uma vez por todas!

Por que ações pagam dividendos?

Os dividendos são remunerações pagas aos acionistas das empresas de forma proporcional à quantidade de ações que cada um possui. 

Quando a empresa possui um bom resultado e acumula um montante em caixa ela deve distribuir ao menos 25% desse caixa em forma de proventos. Para realizar a distribuição, ela deve decidir em sua assembleia o montante que vai ser distribuído além das datas ex e de pagamento.

A distribuição de dividendos é uma forma de remunerar e atrair acionistas que acaba sendo atribuída a uma boa saúde da empresa.

Por que ações não pagam dividendos?

Existem basicamente dois motivos para uma empresa não distribuir dividendos:

  1. Situação financeira não favorável
  2. Prejuízo ou falta de lucro no período

Na segunda razão, é bastante lógico, quando a empresa não possui caixa não há como remunerar seu acionista.

Já no segundo caso que se encontra onde devemos observar. Algumas empresas, mesmo que possuam caixa, escolhem não distribuir os lucros, isso ocorre em razão de investimentos na própria empresa.

Vale a pena investir em empresas que não pagam dividendos?

As empresas que não pagam dividendos por estarem em crescimento seguram o valor em caixa para serem investidos em projetos de crescimento, esses projetos podem ser:

  • a aquisição de empresas menores ou concorrentes;
  • desenvolvimento de um novo produto ou serviço;
  • realização de operações financeiras;

Sendo assim, o capital que foi percebido como lucro apesar de não ser distribuído para os acionistas irá remunerá-lo no longo prazo através do desenvolvimento da empresa.

Com a aplicação do capital na própria empresa, a tendência é de que sua performance melhore, seu caixa aumente e possa ser distribuído futuramente em maior quantidade a seus acionistas.

Também, a melhoria do desempenho que o investimento na própria empresa pode trazer com o tempo é precificada pelo mercado, valorizando o preço da ação e assim remunerando o acionista com o crescimento de valor de mercado.

Além de que o capital incorporado também é uma forma de ter a ação da empresa valorizada através da percepção de valor intrínseco o que faz com que o mercado compreenda o crescimento e precifique o ativo, agregando valor ao acionista também.

Vale sim investir em empresas que não pagam dividendos, mas se atente...

Assim percebe-se que apesar de uma empresa não distribuir dividendos ela pode ser um bom ativo e remunerar o acionista de outras formas. Cabe ao investidor analisar o motivo da não distribuição de dividendos, se foi por um mau desempenho ou algo momentâneo, ou o mais importante para investimento interno.

É importante que o investidor compreenda sua estratégia, se você está com foco em receber dividendos, talvez seja melhor buscar outra empresa para aportar, fique atento ao dividend yield neste caso.

Porém, se sua estratégia envolve não só a busca de renda passiva, mas o crescimento e preservação do patrimônio, essas ações que não pagam dividendos podem ajudar a compor uma carteira diversificada.

E agora? Está seguro para escolher as ações para compor sua carteira? O Yubb está aqui para sanar suas dúvidas e auxiliar a investir melhor, no nosso site você encontra mais ferramentas que podem te ajudar!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo