Vem conhecer mais sobre o Tesouro Direto! Acesse aqui.

Taxa SELIC

A "mãe" de todas as taxas de investimento

A taxa SELIC é a principal taxa de juros do Brasil e é utilizada para balizar os juros cobrados por instituições financeiras na economia brasileira. Ao mesmo tempo, é utilizada como parâmetro para a rentabilidade dos produtos e serviços de investimento.

CompartilharIcon facebookIcon linkedinIcon twitter

Mais detalhes

O que é a taxa SELIC?


Taxa SELIC, ou simplesmente SELIC, é a taxa de juros cobrada entre as instituições bancárias nos empréstimos lastreados em títulos públicos que essas instituições realizam entre si em períodos muito curtos de tempo (normalmente, de apenas um dia).

Em outras palavras, é uma taxa baseada nos custos que as instituições financeiras cobram entre si para disponibilizar um empréstimo para outra instituição financeira no curtíssimo prazo, servindo a taxa SELIC como balizadora para todas as outras taxas de juros cobradas no mercado.

De onde surgiu a taxa SELIC?


Para isso, precisamos explorar um conceito de cada vez: por que os bancos fazem empréstimos entre si? Por várias razões, mas uma das principais é a seguinte: os bancos precisam cumprir determinados requisitos de quantidade mínima de dinheiro ao final de cada dia -- em outras palavras, o banco precisa ter uma quantidade de dinheiro consigo mesmo. Caso precise de mais dinheiro para sua operação, um banco poderá "pedir emprestado" dinheiro para outro banco.

Entretanto, como os bancos possuem operações diariamente, normalmente esse "empréstimo entre bancos" durante apenas de um dia para o outro (ou uma noite -- daí o nome dessas operações de overnight, ou seja, "durante a noite"). São também chamados de empréstimos de curtíssimo prazo. No dia seguinte, o banco poderá equilibrar suas operações e repagar o banco que emprestou dinheiro pelo empréstimo de apenas um dia.

Se é algo feito entre instituições bancárias (entidades privadas), onde entra o governo nisso tudo? Nessas operações de empréstimo "durante a noite" (overnight), os bancos podem dar em garantia títulos do governo federal em garantia. Ou seja: o banco A recebe um empréstimo de uma noite do banco B e, em garantia, o banco A oferece títulos do governo federal ao banco B. E isso é feito porque os bancos possuem muitos títulos de dívida do governo federal.

Finalmente, como os títulos públicos são os ativos com menor risco na economia brasileira (veja mais sobre o risco dos títulos públicos aqui) e servem de garantia às operações de financiamento entre as instituições bancárias, essas operações de financiamento entre bancos com base em títulos públicos servem de base para as outras taxas de juros da economia brasileira.

Dessa forma, em tese (o que nem sempre ocorre), a taxa SELIC é a taxa de juros mais baixa da economia brasileira. Por isso mesmo, é conhecida como o custo primário do dinheiro na economia, no sentido de que qualquer outro empréstimo que seja feito por qualquer outra pessoa física ou jurídica será maior do que a taxa SELIC.

Por que a taxa SELIC sobe e desce ao longo do tempo?


Na linha do item anterior, como os títulos públicos servem de lastro e garantia às operações de empréstimo de curtíssimo prazo entre bancos, a taxa SELIC varia com base nas taxas praticadas entre esses bancos nas operações de empréstimo. E, como essas operações ocorrem praticamente todos os dias entre os bancos, praticamente todos os dias há alguma variação na taxa SELIC. Essa é, então, a chamada SELIC Over (ou SELIC Diária), ou seja, a taxa média praticada de empréstimos entre os bancos nas operações de curtíssimo prazo (overnight).

Além das oscilações da taxa SELIC em razão das operações de financiamento entre os bancos realizadas diariamente -- chamada de SELIC Over --, existe também aquela SELIC determinada pelo próprio governo. Essa é a taxa SELIC que o próprio governo federal determina como forma criar uma base para as outras taxas de juros praticadas pelas instituições na economia. Por ser algo determinado pelo governo e não apurado diariamente com base na média das operações, essa taxa tem o nome de SELIC Meta. Ou seja: é a meta determinada pelo governo para a SELIC.

Se a SELIC Meta é determinada pelo governo, quem faz isso e com qual objetivo? Sobre esse assunto, veja o próximo item abaixo.

Quem determina o valor da taxa SELIC? E com qual objetivo?


A SELIC Meta, ou taxa SELIC como é conhecida popularmente, é determinada pelo COPOM (Comitê de Política Monetária do Banco Central do Brasil). Resumidamente, o COPOM é composto por membros da diretoria do Banco Central e possui a relevante função de determinar as meta da taxa de juros da economia brasileira (justamente, a SELIC Meta).

Algumas pessoas dizem que a taxa SELIC é determinada pelo Banco Central ou pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Isso não é exatamente certo: O COPOM não é o Banco Central inteiro, mas um comitê dentro da sua estrutura que trata especificamente sobre a política monetária.

Por outro lado, o Conselho Monetário Nacional é uma instituição diferente do Banco Central, sendo responsável por determinar as orientações mais altas da política monetária do Brasil. Além disso, é o CMN que determinas as metas da inflação.

Qual a relação entre a taxa SELIC e a inflação?


Depois de tudo isso, talvez você esteja se perguntando: Qual a utilidade disso tudo e da determinação da SELIC Meta pelo COPOM? Gigantesca! Você já ouviu falar sobre inflação, certo? Pois bem: a determinação da taxa de juros (SELIC Meta) é um instrumento poderoso do governo para evitar a alta da inflação.

Funciona da seguinte forma: lembra da explicação dos itens acima de que a taxa SELIC serve como base das outras taxas de juros da economia brasileira e é o "custo primário do dinheiro", certo? Em um cenário de alta de inflação, o governo precisa agir para evitar um aumento descontrolado dos preços. Para isso, muitas vezes a taxa SELIC é elevada para que o acesso ao dinheiro por parte de pessoas físicas e jurídicas (via empréstimos, por exemplo) fique mais caro, inibindo a tomada desses empréstimos e desencorajando a compra de bens e serviços pela população brasileira que resultaria em mais inflação.

Qual o impacto da taxa SELIC sobre os investimentos?


O impacto nos investimentos em razão das alterações na SELIC é direto, principalmente em investimentos pós-fixados. Lembrando que estamos falando da SELIC Meta que pode ser reduzida ou elevada pelo COPOM e não da SELIC Over que é diariamente apurada pela média das taxas praticas pelos bancos nos empréstimos entre si.

Esse impacto nos investimentos ocorre porque, sendo a SELIC Meta a taxa de juros base de toda a economia, uma redução fará com que os outros juros praticados na economia também sejam reduzidos. O próprio CDI, que possui um comportamento semelhante à SELIC, é reduzido, fazendo com que os investimentos pós-fixados tenham uma rentabilidade menor em caso de queda da SELIC. Por outro lado, em um cenário de aumento de juros e elevação da SELIC, os investimentos pós-fixados serão mais rentáveis.

Mas é importante perceber que a lógica dos investimentos nem sempre seguem essa explicação. Em muitos casos, fatores políticos interferem diretamente na percepção do mercado sobre investimentos e sobre elevações e reduções de juros.

O que é um investimento indexado à taxa SELIC?


Depois de tudo isso, fica a grande pergunta para entender o caso concreto: o que seria um investimento indexado à SELIC?. O investimento indexado à SELIC significa um título de investimento que acompanhe exatamente a flutuação da SELIC e remunere (rentabilidade) o investidor no valor da taxa SELIC. Mas lembrando que é sempre a SELIC Over (ou SELIC Diária), não a SELIC Meta.

Em outras palavras: você pode entender um investimento "indexado" como "vinculado" no sentido de que este investimento irá acompanhar a oscilação de um determinado indexador ou índice de investimento. Neste caso, estamos falando da SELIC Over (ou SELIC Diária) como o indexador.

Nós separamos alguns investimentos para você indexados à SELIC aqui nesta página.

A taxa SELIC rende mais do que a poupança?


Muito mais! Para ilustrar, em 2016, a SELIC rendeu mais do que o dobro da poupança. Em termos de rentabilidade, isso é um valor muito significante e expressivo.

Por esse motivo, muitas pessoas que buscam fazer o primeiro investimento têm escolhido investir em investimentos indexados (ou "vinculados") à SELIC para sair da poupança e começar a fazer seus primeiros investimentos.

Sobre isso, você pode ver mais abaixo alguns investimentos indexados à SELIC para sair da poupança e começar a fazer seus investimentos.

Mais dúvidas?


É um pouco confuso mesmo isso de SELIC, SELIC Meta, SELIC Over, overnight e outros conceitos. Se estiver com alguma duvida, é só falar com o Yubb pelo "Socorro" aqui do lado! =)


Algumas opções de Investimentos indexados à SELIC

Valores para investimentos de R$ 5.000,00 por 12 meses. Simule outros valores e prazos aqui ou clicando em um investimento.

Badge not fgc

Tesouro Direto

Tesouro SELIC 2023

Expectativa de Retorno
R$ 5.442,31
Rentabilidade Bruta
100,68% CDI11,21% ao ano
Corretora
Rico

Outros Investimentos que acompanham a SELIC

Valores para investimentos de R$ 5.000,00 por 12 meses. Simule outros valores e prazos aqui ou clicando em um investimento.

Badge fgc

LCI

Daycoval 94% CDI

Expectativa de Retorno
R$ 5.514,39
Rentabilidade Bruta
94,00% CDI10,46% ao ano
Corretora
Daycoval
Badge fgc

LCA

Daycoval 94% CDI

Expectativa de Retorno
R$ 5.514,39
Rentabilidade Bruta
94,00% CDI10,46% ao ano
Corretora
Daycoval
Badge fgc

CDB

Modal 109% CDI

Expectativa de Retorno
R$ 5.496,23
Rentabilidade Bruta
109,00% CDI12,13% ao ano
Corretora
Modal Mais
Badge fgc

LC

Omni Financeira 106% CDI

Expectativa de Retorno
R$ 5.482,58
Rentabilidade Bruta
106,00% CDI11,80% ao ano
Corretora
Easynvest
Badge fgc

CDB

Sofisa Direto 100% CDI

Expectativa de Retorno
R$ 5.455,27
Rentabilidade Bruta
100,00% CDI11,13% ao ano
Corretora
Sofisa Direto
Badge fgc

CDB

Intermedium 101% CDI

Expectativa de Retorno
R$ 5.440,26
Rentabilidade Bruta
101,00% CDI11,24% ao ano
Corretora
Intermedium

Totalmente gratuito

Somos gratuitos e não cobramos nenhuma taxa de comissão

Tempo, Tempo, Tempo

Economize tempo acessando os melhores investimentos num só lugar

100% seguro

Seu dinheiro vai direto para um investimento sem passar por nós

Não somos uma corretora

Buscamos as melhores opções para você investir melhor