Qual é a diferença entre CDB e RDB?

Tenho quase certeza que você já ouviu falar sobre CDB (Certificado de Depósito Bancário), afinal, é uma modalidade muito conhecida no mercado.

Agora, RDB (Recibo de Depósito Bancário), já não tenho tanta certeza assim, já que ele não é tão falado por aí.

Não confunda CDB com RDB, ok? Digo isso porque as siglas são muito próximas, o que talvez possa te confundir.

Mas, o que é RDB?

RDB significa Recibo de Depósito Bancário, e se refere à títulos de renda fixa privados, emitidos por instituições financeiras. Eles podem ser emitidos por bancos e também pelas financeiras.

Uma característica marcante do RDB é a baixa liquidez.

Isso quer dizer que, se você quiser resgatar o título, terá de aguardar até o vencimento.

Na verdade, você até pode resgatar antes do vencimento, mas isso só é possível através da recompra por parte da instituição que o emitiu. O que eu quero dizer é que a instituição emissora terá de comprar isso de volta de você.

“Ah, então está tudo certo, quando eu quiser, é só eu vender o título para o emissor”

Então, Yubber, deixa eu te contar uma coisa: fazendo isso, você pode perder grande parte (ou toda) da sua rentabilidade.

“Que absurdo! O que eu devo fazer, então, para isso não acontecer?”

É só não vender! Hehehe

Brincadeiras a parte, Yubber, você precisa, antes de investir (e isso não vale só para RDB), ter um bom planejamento.

Veja, não aloque recursos que você vai precisar, em uma modalidade de investimento que não tem liquidez, ok?

Portanto, não é interessante resgatar um RDB antes do vencimento.

Isso significa que é ruim investir em RDB?”

Claro que não, Yubber. Só quis te alertar sobre essa característica porque algumas pessoas pecam por não levarem em conta a liquidez, visto que depois elas têm consequências desagradáveis quando decidem, de repente, resgatar seus recursos.

E o que é CDB?

CDB significa Certificado de Depósito Bancário, e é um dos instrumentos de renda fixa mais conhecidos no mercado, senão o mais conhecido, emitido pelos bancos.

Alguns dizem que o CDB e o RDB são irmãos por conta das semelhanças.

Calma, calma, calma, eles são semelhantes, não iguais, o que quer dizer que eles têm suas diferenças, as quais abordaremos agora.

Quais as diferenças entre o CDB e o RDB?

As diferenças entre eles são relevantes, Yubber. Acompanhe aí!

Investimento mínimo

Os CDBs têm como investimento mínimo o valor de R$ 1,00. Quantos aos RDBs, há alguns anos o valor mínimo era de R$ 10 mil, mas isso foi alterado e, atualmente você consegue encontrar boas opções a partir de R$ 1 mil, portanto, agora ele é bem mais acessível.

Liquidez

Já dei um spoiler lá em cima sobre a liquidez dos RDBs, né? A liquidez é uma diferença que existe entre os dois.

Os CDBs podem ter liquidez diária ou no vencimento, já os RDBs têm liquidez somente no vencimento, como explicado anteriormente.

Mas quando o investidor se planeja bem, a baixa liquidez não se torna um problema.

Rentabilidade

Não é uma regra, mas é bastante notável, quando você buscar pelos dois tipos de investimento, a diferença entre a rentabilidade de um e outro.

A rentabilidade dos RDBs tende a ser maior que os CDBs, tornando ele bastante atrativo.

Emissor

Na maioria das vezes, os CDBs são emitidos por um banco. Agora, no caso dos RDBs, na maioria das vezes, são emitidos por uma financeira, que é uma instituição menor do que o banco e que realiza operações de financiamentos para determinados produtos e serviços da economia.

“Ok, mas você disse que eles são chamados de irmãos, então conta aí as semelhanças”

Seu pedido é uma ordem!

Quais são as semelhanças entre CDB e RDB?

  • Tributação: ambos são tributados pelo Imposto de Renda. Não da para fugir, nesse caso. Sempre que investir em um desses títulos, terá de pagar IR.
  • Garantia do FGC (Fundo Garantido de Crédito): alocando seus recursos em qualquer um deles, você poderá dormir tranquilamente. Ambos os títulos contam com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito, que garante até R$ 250 mil por CPF e por instituição financeira, caso o risco de crédito, de fato, aconteça (nome bonito para calote).
  • Pré ou pós-fixado: eles podem ser prefixados, que significa dizer que você saberá quanto ganhará lá no final do investimento, e podem ser pós-fixados, que significa dizer que você somente saberá quanto ganhou, de fato, lá no vencimento. No pós-fixado, ele vai te dar uma média de rentabilidade baseada no índice futuro que ele está atrelado, por exemplo, o DI, IPCA (Índice Preços ao Consumidor Amplo), etc, mas para saber o valor exato, só no vencimento.

Qual vale mais a pena?

Depende!

Qual o seu perfil? Liquidez é importante para você? Quanto de dinheiro você tem? Qual a rentabilidade desejada?

Não dá para responder à essa pergunta sem antes conhecer melhor o seu perfil e os seus objetivos.

Na minha opinião, não existe ponto negativo em nenhum dos dois. O que existe, na verdade, são características mais adequadas à perfis individuais.

Agora, aqui vai uma super dica para você sobre como encontrar os RDBs disponíveis no mercado. Se você é um Yubber de verdade, você mesmo já sabe onde encontrar, né?

Isso mesmo, na nossa plataforma de buscador de investimentos, a MAIOR do Brasil! É só clicar aqui!

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo