Triple Bottom Line: o que é o tripé da sustentabilidade?

Cada vez mais, o tripé da sustentabilidade (ou triple bottom line) ganha mais importância entre as empresas e entre consumidores que procuram por produtos sustentáveis. E, no mundo dos investimentos, isso não é diferente.

Muitos investidores buscam conhecer as práticas adotadas pelas companhias em relação à sustentabilidade antes de adquirir as suas ações. Neste artigo, a gente vai mostrar os pilares do tripé da sustentabilidade. Confira a seguir!

O que é Triple Bottom Line?

O tripé da sustentabilidade é um conceito de gestão empresarial com foco no desenvolvimento sustentável. Ele foi criado na década de 90 por John Elkington, que escreveu o artigo The Triple Bottom Line: What is It and How Does it Works?.

A ideia central do artigo era medir os resultados da empresa a partir de três pilares básicos: people, planet and profit (ou pessoas, planeta e lucros). A metodologia sugere que a empresa não deve visar somente o lucro, mas sim se preocupar também com os impactos sociais e ambientais que a sua atividade traz para a sociedade.

No meio empresarial, esses pilares são descritos como social, ambiental e econômico. Vejamos agora como cada um deles funciona.

Social

Esse pilar avalia quais os impactos sociais da empresa interna e externamente.

Quando se fala em impactos internos, são analisados todos os pontos que possam garantir ao funcionário um ambiente de trabalho saudável e harmonioso. Nesse sentido, aspectos como remuneração justa, benefícios, flexibilidade e inclusão social são alguns exemplos de variáveis consideradas.

Já os impactos externos se referem à forma como a empresa se relaciona com a sociedade. Engajamento com projetos sociais, preocupação com o meio ambiente, valorização da mão de obra local, tudo isso impacta a vida da comunidade no entorno da empresa.

Ambiental

Quanto à questão ambiental, a obrigação da empresa é produzir sempre da forma mais sustentável possível. Ou seja, com utilização racional de matéria-prima, controle adequado de poluentes e descarte correto de resíduos.

Econômico

Por fim, o tripé econômico fala sobre a forma como a empresa faz a gestão do seu patrimônio. Nesse sentido, são avaliados como a organização reinveste na sua estrutura, como ela lida com o seu fluxo de caixa e endividamento, como ela cumpre as suas obrigações fiscais, entre outros aspectos.

Para isso, é fundamental a transparência na divulgação das suas demonstrações financeiras.

Importância do Triple Bottom Line para os investimentos

Como vimos, a sustentabilidade já é uma prerrogativa para muitos investidores na hora de adquirirem ações na bolsa. Empresas que adotam práticas de governança corporativa, por exemplo, inspiram mais confiança e suas ações conseguem atrair um número maior de investidores. Por isso, a tendência é de que, cada vez mais, novas companhias comecem a adotar essas práticas.

Os green bonds são um excelente exemplo da tendência de investimentos sustentáveis. Esses títulos investem em projetos sustentáveis de desenvolvimento das empresas. Clique aqui e saiba mais sobre as vantagens desse tipo de investimento.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo