Mercado de capitais: o que é e como funciona?

Você provavelmente já ouviu falar sobre mercado de capitais. Ele é de extrema importância para o desenvolvimento do país, já que, para um país se desenvolver, é preciso capital e investimentos.

Se você é investidor, ou está pensando em entrar nesse universo, é essencial que saiba o que é o mercado de capitais e como ele funciona.

Neste artigo você vai ler sobre:

  • O que é mercado de capitais?
  • O que é negociado no mercado de capitais?
  • Principais entidades do mercado de capitais
  • Diferença entre mercado de capitais e mercado financeiro
  • Por que o mercado de capitais é importante?

O que é mercado de capitais? 

O mercado de capitais é uma parte de todo o sistema financeiro. É por meio dele que as empresas conseguem captar recursos. É por meio dele também que você, caro investidor, consegue alocar seus recursos nas empresas, ou melhor, investir nelas.

Quando uma empresa precisa fazer investimentos, ela vai demandar por dinheiro. Esse dinheiro pode ser tomado pela forma mais tradicional, como por exemplo, por meio de empréstimos, mas também através de captação no mercado de capitais, permitindo que os investidores emprestem seus recursos.

Com os recursos levantados, as empresas conseguem expandir suas capacidades, investir em seus projetos, etc. E aqui, então, entra outro ponto crucial: todo esse mecanismo do mercado de capitais é fundamental para o desenvolvimento da economia.

Para que você empreste seu dinheiro para a companhia, é necessário que haja um intermediador que ligue as duas pontas. Portanto, para que seus recursos cheguem até a empresa, o mercado conta com o apoio de intermediários financeiros, entre eles: B3 (bolsa de valores brasileira), bancos de investimento, corretoras e distribuidoras de investimentos, e outros prestadores de serviços.

E talvez você ainda esteja se perguntando quem é que controla tudo isso. O órgão responsável pela fiscalização e pelo controle desse mercado é a CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

O que é negociado no mercado de capitais?

São negociados no mercado de capitais, por exemplo:

  • Ações;
  • Debêntures;
  • Commercial Papers;
  • Derivativos autorizados à negociação (contratos futuros, opções, etc);
  • Certificados de depósitos de ações.

No Brasil, mesmo que o mercado de capitais ainda não seja tão aquecido em relação à alguns outros países, como por exemplo, os Estados Unidos, as estatísticas mostram que cada vez mais o número de investidores e de empresas abrindo capital está crescendo.

Principais entidades do mercado

É importante conhecer quais são os principais agentes do mercado e suas funções.

  • Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais: responde por uma série de instituições, como bancos comerciais, múltiplos e de investimento, asset managements, corretoras, etc.
  • CVM (Comissão de Valores Mobiliários): zela pelo funcionamento eficiente, pela integralidade e pelo desenvolvimento do mercado de capitais, promovendo equilíbrio entre iniciativa dos agentes e a efetiva proteção dos investidores.
  • Banco Central: regula o Sistema Financeiro Nacional e supervisiona as instituições do mercado financeiro. Além disso, ele controla política monetária, cambial e de crédito.
  • B3: bolsa de valores brasileira que, através de seu ambiente, é negociado uma série de instrumentos financeiros.

Qual a diferença entre mercado de capitais e mercado financeiro?

Veja, essa é uma dúvida comum. O mercado financeiro abrange vários mercados, e um desses é o de capitais.

Os quatro grandes mercados de nosso sistema financeiro, são:

  • Mercado monetário
  • Mercado de crédito
  • Mercado de câmbio
  • Mercado de capitais

Portanto, como você viu, o mercado financeiro inclui quatro mercados, sendo um deles o de capitais.

Por que o mercado de capitais é importante?

O mercado de capitais pode impulsionar o desenvolvimento socioeconômico de um país. Sua grande relevância se dá por ser um fato gerador de riquezas.

Empresas captam recursos e investem para se desenvolver, aquecendo nossa economia real. Por outro lado, investidores alocam seus recursos para crescerem seu patrimônio. Todo esse ecossistema leva ao desenvolvimento de nossa economia.

E aí, gostou do artigo? Lembrando que aqui no Yubb temos uma série de artigos que podem te ajudar na sua trajetória como investidor.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo