O que é governança corporativa?

Governança corporativa é o conjunto de práticas que a empresa adota para conduzir os seus negócios em linha com os interesses dos acionistas e da sociedade em geral. 

A prática inclui também conciliar esses interesses com as leis e os trabalhos dos órgãos de fiscalização.

Para que serve a governança corporativa?

Para entender melhor a necessidade da governança corporativa, pense no seguinte: logo que a empresa é fundada, os sócios conseguem administrá-la sozinhos. No entanto, à medida que ela cresce, novos funcionários são contratados e fica praticamente impossível para os donos centralizarem todas as atividades importantes.

Nesse momento, torna-se necessário padronizar processos e determinar regras que assegurem a sua execução. É a partir daí que surge a importância da governança corporativa.

Veja alguns benefícios da governança corporativa:

1.    Valorização da imagem da empresa

De forma geral, a sociedade valoriza empresas que demonstram preocupação com a sua prestação de contas, valores éticos e responsabilidade para com as pessoas e o meio ambiente. Ao adotar boas práticas de gestão, a organização conquista a confiança das partes com as quais interage.

2.    Atração de investidores

Empresas envolvidas em escândalos financeiros ou problemas de gestão, por exemplo, têm muito mais dificuldades para atrair investidores. Por isso, adotar a governança corporativa é uma forma de mostrar ao mercado que a organização é confiável e se manterá longe desses problemas.

3.    Aperfeiçoamento dos processos de gestão

De forma geral, a governança corporativa proporciona mais transparência e organização aos processos. Isso faz com que a empresa consiga definir de forma mais clara e eficiente o seu planejamento estratégico.

4.    Melhora dos resultados

Por fim, ao aperfeiçoar processos e estratégias, ocorre melhora nos resultados alcançados. E isso se reflete na valorização da marca e na satisfação dos clientes, acionistas e todas as partes envolvidas com os negócios.

Princípios da governança corporativa

O processo é baseado em quatro princípios fundamentais:

Transparência

Trata-se da obrigação da empresa de disponibilizar informações aos stakeholders (partes envolvidas). Essas informações abrangem dados financeiros e de gestão.

Equidade

Esse princípio estabelece que todas as partes interessadas devem ser tratadas de forma justa e equânime, independentemente da hierarquia que ocupam.

Prestação de contas

Também chamada accountability, a prestação de contas sobre a movimentação de dinheiro é dever da administração, e ela deve ser clara e compreensível.

Responsabilidade corporativa

O último princípio determina que a empresa deve procurar sempre proporcionar bons resultados para acionistas e investidores. Ao mesmo tempo, deve zelar por seu patrimônio e por todo o sistema no qual está inserida. Isso inclui a forma de tratamento dos funcionários, cuidado com o meio ambiente, entre outros aspectos.

O compliance é uma importante peça da governança corporativa. Saiba mais sobre o conceito neste artigo.

Governança corporativa e o Novo Mercado

Desde 2000, o Novo Mercado reúne as empresas da bolsa de valores brasileira (B3)com o mais alto grau de governança corporativa.

Leia este artigo, e saiba mais sobre o Novo Mercado.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo