Opções binárias: o que são e como funcionam?

As opções binárias são operações que proporcionam chances de ganhos para quem deseja operar no curto prazo. No entanto, elas não são consideradas um investimento, pois não envolvem a negociação de um determinado ativo, como um CDB ou ações por exemplo. Trata-se de um instrumento financeiro utilizado para especulação, que busca lucrar com as oscilações dos preços.

À primeira vista, pode parecer complicado, não é mesmo? Por isso, preparamos esse material para explicar como funcionam as opções binárias na prática. Continue a leitura e confira!

O que são opções binárias?

As opções binárias (também chamadas de opções digitais ou de retorno fixo) são um tipo de operação baseada na tentativa de prever o preço de um determinado ativo financeiro.

Nesse sentido, elas diferem dos derivativos, pois não é feita nenhuma operação que derive de outros ativos (clique aqui e entenda como funcionam os derivativos).

Elas simplesmente tentam lucrar a partir da expectativa do movimento dos preços de determinado ativo, que pode ser commodities, ações, índices, pares de moedas, entre outros.

O nome “opções binárias” vem justamente das duas únicas alternativas possíveis para essas operações: ou se ganha ou se perde com a estratégia. Se o mercado confirmar a tendência esperada pelo especulador, ele terá ganho. Caso contrário, haverá prejuízo na operação.

Outra característica dessas operações é que não importa o percentual de variação do preço do ativo. Ou seja, para que o especulador realize o lucro ou o prejuízo, não importa o quanto esse ativo subiu ou desceu.

Como funcionam as opções binárias?

Essas operações possuem três elementos principais:

- o ativo referência;

- o tempo de duração da operação e

- a direção do preço.

Se a aposta for pela alta dos preços, o especulador apostará na valorização (ou direção higher). Por outro lado, se houver expectativa de que o preço do ativo referência caia, a direção que ele escolherá será a lower.

Quando a operação é feita no sentido da alta do preço, é chamada de call (ou opção de compra). Já quando é esperada a desvalorização do ativo, a operação é chamada de put (ou opção de venda).

No Brasil, existem três formas de operar opções binárias. O sistema manual é o mais utilizado, no qual o especulador controla diretamente as suas aplicações.

Já no sistema de sinais, a escolha das opções é feita por computadores ou corretoras de valores, mas é o próprio cliente quem dá o comando para a operação.

Por fim, existem softwares chamados robots, que fazem tudo, desde a escolha da opção até a realização da operação.

Rentabilidade e prazos

A rentabilidade que o especulador receber se acertar a direção do preço do ativo será fixa, e o valor pode variar entre 70% e 90%, dependendo das características da opção. Por outro lado, se o especulador não acertar a direção do preço do ativo, o valor total da operação será perdido.

Já os prazos dessas operações costumam ser bem curtos. Normalmente, elas duram cerca de alguns minutos, às vezes até segundos. No máximo, podem chegar a uma hora.

Tipos de opções binárias

Existem seis principais tipos de opções binárias no mercado:

1 – Dinheiro ou nada

Essa é a forma mais simples de operar opções binárias. Nesse formato, aposta-se simplesmente na alta ou na baixa do preço de um ativo. Dessa forma, não interessa o quanto o preço varia, somente a escolha da direção da sua movimentação.

2 – Ativos ou nada

Já na opção ativos ou nada, é o preço do ativo que determinará o resultado da operação, e não a tendência escolhida pelo especulador.

3 – One touch

Nesse caso, o objetivo é que o preço do ativo chegue a um determinado valor. Quando isso acontece, a operação é finalizada. No entanto, a dificuldade dessa operação é que o preço atinja o valor estabelecido dentro do prazo necessário.

4 – No touch

No caso do no touch, a lógica é inversa ao one touch. Ou seja, para haver ganho, o preço não pode atingir o valor estipulado no intervalo de tempo da operação.

5 – 60 seconds

Nesse tipo de operação, a transação é encerrada assim que for atingido o valor definido. Essa modalidade é rápida, e mais comum entre quem opera opções binárias há mais tempo.

6 – Range

Por fim, no range o valor do ativo precisa ficar entre um limite mínimo e máximo durante o prazo determinado para a operação.

É seguro operar opções binárias?

O mercado das opções binárias não é regulamentado no Brasil. Mas isso não significa que essas operações sejam ilegais ou proibidas. O fato é que não existe um órgão que regule essas operações, como é o caso da atuação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre o mercado de capitais, por exemplo.

É possível operar opções binárias por meio de corretoras especializadas, que disponibilizam plataformas de investimentos próprias para esse fim. No entanto, trata-se de operações de alto risco, que exigem preparo e experiência por parte do trader.

Logo, se você ficou interessado em conhecer mais esse mercado para conhecer as oportunidades de ganhos, primeiro é preciso saber se essas operações são compatíveis com o seu perfil de investidor. Isso porque as opções binárias, assim como podem proporcionar boa rentabilidade, podem também levar a elevadas perdas.

E não esqueça que, pelo fato de essas operações não serem regulamentadas no Brasil, se você tiver algum problema, não há nenhum órgão a quem recorrer. Por isso, se decidir operar opções binárias, procure uma corretora confiável e com expertise no assunto.

Deu para entender como funcionam as opções binárias? Se tiver dúvidas, mande para nós os seus comentários!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo