O que é pregão da bolsa de valores?

Já se perguntou, em algum momento da sua vida de investidor, o que é pregão? Afinal, é um termo que não se pode fugir quando tratamos de investimento em ações. Mas fique tranquilo, neste artigo você entenderá do que se trata e como funciona.

Basicamente, o pregão da bolsa de valores é o ciclo de negociações de lance de ações, dado pela abertura e fechamento de compra e venda. Portanto, é o período em que pode-se realizar transações, ou seja, o momento em que a bolsa está, de fato, aberta.

Isso ocorre nas bolsas de valores ao redor no mundo, mas é importante entender que cada uma possui suas particularidades, por isso, nesse artigo vamos entender como funciona o pregão da Bolsa de Valores do Brasil, a B3.

Modalidades de pregão

Existem duas modalidades de pregão, são essas: o pregão viva voz e o pregão digital. Na verdade, uma delas não existe mais, e você já deve imaginar qual é.

O pregão viva voz

É muito provável que você já tenha visto, em filmes, séries ou na TV, essa modalidade de pregão. São típicas representações de ações na bolsa de valores em que muitos operadores reunidos ditam ofertas a gritos. Era dessa forma que ocorria o pregão presencial; era realizado de forma presencial entre aqueles que queriam comprar ou vender papéis. 

Essa modalidade costumava apresentar impedimentos. Era limitado o número de pessoas que podia participar, devido ao tamanho do local físico. A prioridade costumava ser dada a quem investia alto, o que excluía muitos interessados desse mercado. Outra grande limitação era a apuração dos resultados, que, se estendia por horas para acontecer após o encerramento do pregão. 

Tal modalidade de pregão foi encerrada na principal bolsa de valores do Brasil, B3, em 2005. A partir disso, as negociações são feitas exclusivamente por meio do pregão digital.

Pregão digital

Com o advento de uma tecnologia mais sólida, fez-se imprescindível a modalidade de pregão em sua forma digital, o que favoreceu muito os negócios. Nessa modalidade, aqueles que querem participar são reunidos em um ambiente virtual (sem limite de vagas e em tempo real), o que, de fato, reduz a burocracia e democratiza o acesso ao mercado de ações.

O sistema online da bolsa de valores traz as informações de lances e ofertas de ações, de forma a traduzir o fechamento de negócios automatizados. Os mercados operam de forma automática e com alta frequência.

Não é novidade que a tecnologia facilita nossa vida em amplos aspectos, e não seria diferente nos investimentos, não é mesmo? Dessa forma é importante entender sobre como funciona o pregão em que estamos dispostos.

Como funciona o pregão da B3 e horários de funcionamento

Como já dito anteriormente, o pregão da bolsa de valores do Brasil é digital, o que traz maior mobilidade para qualquer um que queira investir, desde que tenha acesso à internet - e a uma conta em corretora de investimentos - para comprar e vender ativos negociados na bolsa, como ações.

O pregão da B3 conta com cinco etapas: cancelamento de ofertas, pré-abertura do mercado, negociação, call de fechamento e after market. É importante saber como se dá os regulamentos e horários para cada tipo de etapa (cada um ocorre em um horário pré-determinado dentro do funcionamento da B3, que pode mudar em razão de feriados estaduais e recessos nacionais).

Cancelamento de ofertas

O cancelamento de ofertas da B3 começa às 9h30, e resume no período em que são anuladas as ofertas remanescentes de compra e venda que restaram do dia anterior. Essa etapa termina às 9h45.

Pré-abertura do mercado

A etapa se inicia assim que o cancelamento de ofertas termina. Seu tempo de duração é até às 10h. Nesse momento há o registro de ordens de compra e venda dos investidores; é importante lembrar que as ações realizadas nessa etapa só podem ser concluídas após a real abertura do mercado, às 10h. Essa etapa é muito importante para a definição dos preços de abertura das ações.

Negociação

É nessa etapa que se inicia o período oficial de negociações na B3 para os investidores. Ações são compradas e vendidas, os preços flutuam de acordo com as ofertas diárias e os indicadores alternam entre verde e vermelho. Essa etapa vai até às 16h55.

Call de fechamento

Na penúltima etapa do pregão, após o término do período de negociação, ocorre um leilão a fim de determinar os preços de fechamento de ativos. Participam desse call apenas os ativos que compõem o índice Ibovespa (principal indicador de desempenho médio das ações listadas). Ele se encerra às 17h ou às 17h15, dependendo do mercado escolhido.

After market

Finalmente, a última etapa do pregão conta com a possibilidade em que os investidores têm de comprar ou vender seus ativos após o período de negociação ter acabado. Para essa modalidade há restrições. 

  • As ações negociadas devem fazer parte do índice Ibovespa e ter sido transacionadas no mesmo dia durante o período de negociação; 
  • O preço não pode variar mais de 2% em relação ao preço do fechamento do dia; 
  • Existe um limite de operação de R$900 mil reais por CPF; e os ativos só serão negociados à vista.

O After market terá sua pré-abertura às 17h25 e vai até às 17h30; e as negociações começam às 17h30 e terminam às 18h.

O tempo de negociação dessa etapa é bem curto, fique atento para não perder esse intervalo para operar de forma mais efetiva nos investimentos.

Temos um artigo exclusivamente sobre After Market, clique AQUI para conferir.

Para aqueles que investem, saber sobre como se dão as operações do pregão é de enorme importância, atente-se sempre aos horários. Informe-se com o Yubb!

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo