Estratégia Condor vale a pena?

A renda variável pode ser repleta de volatilidade ou apresentar períodos de movimentos menores, dessa forma para ganhar dinheiro é interessante que o investidor saiba aproveitar o melhor de cada situação.

Os derivativos permitem que o investidor monte diferentes estratégias de modo a conseguir segurança ou rentabilidade, para isso é necessário conhecer bem as operações e como montá-las.

A estratégia condor é uma das operações com derivativos que pode te ajudar a fazer bons lucros com um controle de risco. Entenda mais sobre essa estratégia neste artigo.

Operações estruturadas com opções

Se você chegou aqui e não conhece ainda o mercado de derivativos, você precisa entender primeiro como funciona essa parte do mercado financeiro. E recomendamos desde já que só realize suas próprias operações com opções após entender bem como funcionam e estudar a fundo a estratégia que pretende adotar.

As opções são derivativos de ações de contratos de compra e venda para datas futuras com preços acordados no ato de negociação, sendo assim, ao executar operações de opções você está comprando ou vendendo um direito em uma negociação futura.

As operações estruturadas são estratégias envolvendo ativos em que existe um objetivo específico dentro de um ou mais cenários.

Estratégia Condor

A estratégia condor é uma operação feita em períodos de lateralidade de mercado, ou seja, de baixas oscilações. Ela também é conhecida por long call ou estratégia mesa.

Por operar em momentos de menores oscilações essa estratégia é tida como mais segura de ser feita. Além disso, por ser uma estratégia estruturada, sua montagem tem o objetivo de proteger o trader de maiores riscos.

Na estratégia condor é criada uma faixa limite de oscilação através de uma trava de baixa e de uma trava de alta, semelhante a estratégia borboleta, de forma que o ativo esteja dentro do strike na data de vencimento.

Assim, para montar a estratégia o investidor precisa:

  • Vender um lote de opções strike K1
  • Comprar um lote de opções strike k2
  • Comprar um lote de opções de strike k3
  • Vender um lote de opções strike K4

Formando a equação: K4-K3 = K3-K2 = K2-K1

Assim, o preço do ativo pode ser menor que K1 e maior que K4 ou então estar entre os intervalos K1 e K2, K2 e K3, K3 e K4 que é onde o investidor tem sucesso.

Caso o preço final do ativo fique fora do intervalo, sendo menor que K1 ou maior que K4, a estratégia combinada faz com que as opções não sejam exercidas e a perda seja de apenas o valor aportado na operação.

Para realizar esse tipo de operação é preciso que o investidor compre os contratos então é necessário possuir um valor inicial, porém, se no vencimento a estratégia for bem sucedida ele consegue receber o valor aportado mais um prêmio de resultado.

Estratégia condor vale a pena?

Por ser uma operação estruturada a estratégia condor é de fácil acesso para investidores que desejam operar opções. Como possui um limite de perda também se torna atraente por já existir em sua composição um controle de riscos. O investidor deve ficar atento apenas na análise do momento de mercado e na técnica para não errar na montagem.

A estratégia vale a pena para quem com o devido conhecimento quer ganhar dinheiro em períodos de lateralidade e pouca volatilidade, fora disso, não é possível achar bons retornos com ela.

Mas, fique atento pois operar opções requer conhecimento e bastante estudo.

Para mais conteúdos de investimentos, não deixe de nos acompanhar nas redes sociais além do nosso site!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo