Built to suit: entenda como funciona nos FIIs

Quando vamos alugar um imóvel por muitas vezes sofremos bastante até encontrar exatamente o que queremos. Porém, no ramo imobiliário corporativo já existe a possibilidade de você encontrar algo sob medida para você.

Bem popular nos Estados Unidos, o conceito de built to suit  apesar de recente no Brasil, é uma das formas de os FIIs garantirem melhores condições para quem precisa de um imóvel com condições específicas para se instalar.

Conheça tudo sobre built to suit e como funciona essa forma de locação muito usada em Fundos Imobiliários.

O que é built to suit?

O built to suit é uma forma de contrato de aluguel bem popular nos Estados Unidos, nessa modalidade de contrato o imóvel é construído a partir das especificações do cliente para aluguéis de longo prazo. Devido a essa relação em que o locatário entrega suas necessidades para que o locador construa ou reforme um espaço para ser alugado conforme suas necessidades, o termo built to suit significa “construído para servir''.

Esse tipo de contrato geralmente é feito com horizontes entre 15 e 30 anos pois é feita a construção conforme a solicitação do cliente.

O que diz a Legislação Brasileira ?

Como dito, apesar de ser já popular no exterior, esse tipo de contrato ainda é recente no país, a lei que regula o built to suit, a 12.744 só foi aprovada em 2012.

Devido a ser um contrato atípico e bastante específico a lei teve de ser feita para regularizar essa modalidade

Built to suit vale a pena?

O built to suit é bastante interessante pois garante ao locatário que terá um imóvel dentro do padrão necessário para a sua atuação, todavia todo esse processo possui um custo que será repassado através do valor do contrato de aluguel.

Dessa forma o tamanho do contrato e o valor cobrado serão calculados com base no custo que aquele imóvel vai ter para o proprietário.

Esse tipo de contrato se for bem feito e acordado com certeza traz benefícios para ambas as partes.

Built to suit e FIIs

Já existem alguns fundos imobiliários que realizam locações no formato de BTS - built to suit isso é bastante interessante para o investidor pois apresentam boas características como contratos longos, baixa taxa de vacância e alta rentabilidade devido ao custo desses contratos.

Do mesmo modo existem alguns riscos que não devem ser ignorados: a possível vacância devido à dificuldade de um cliente diferente se encaixar no imóvel feito sob medida para o anterior e possíveis prejuízos de caixa na construção dos imóveis.

O que se percebe é que o built to suit possui bastantes particularidades mas que pode ser uma boa oportunidade de negócio principalmente por já ser bastante utilizado fora do país e se mostrar uma tendência de modelo de negócio para fundos imobiliários.

De todo jeito para evitar riscos é interessante que você esteja diversificado nos seus FIIs, ou seja possua em carteira FIIs que possuam modelo de negócio, localização e inquilinos diferentes para minimizar qualquer situação de prejuízo.

Gostou de conhecer os aluguéis sob medida built to suit? Já verificou se na sua carteira de FIIs possui algum imóvel com esse contrato? Vale a pena analisar algum FII que aposta neste modelo de contrato novo mas, bastante interessante.

Conte com o Yubb para esclarecer suas dúvidas e te ajudar a investir melhor.


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo