Conheça 4 ETFs que replicam o Ibovespa

ETFs ou Exchange Traded Funds são fundos de índice negociados na bolsa de valores, isto é, são fundos que investem em uma carteira teórica de ativos de um índice. Por terem essas composições, esse tipo de ativo é muito indicado para diversificação direta de investimento. 

Mas existem várias opções de ETFs que variam conforme suas características e índices de referência. 

Um dos ETFs mais procurados são os que investem no índice Ibovespa, que é o principal índice da bolsa de valores brasileira. Apesar de ter um ETF que é mais conhecido, existem mais 3 opções para quem deseja seguir o rendimento do Ibov.

Conheça neste artigo os 4 ETFs que replicam o índice Ibovespa e entenda por que essa pode ser uma boa opção de investimento.

Por que investir em ETFs que replicam o Ibovespa?

Antes de falarmos das 4 opções de ETFs para investir replicando o rendimento do Ibovespa é interessante saber porque essa pode ser uma boa opção de investimento.

Os ETFs são fundos de índice, isto é, fundos que investem em uma carteira de ativos que compõem um índice. Sendo assim, quando você aporta neste tipo de investimento é como se você estivesse comprando um pedaço de cada um dos ativos que fazem parte do ETF. São mais de 70 empresas que fazem parte dessa carteira de vários setores diferentes.

As maiores posições do Ibovespa em dezembro de 2020 são:

  1. VALE
  2. ITUB
  3. PETR
  4. BBDC
  5. B3SA3

A única com mais de 10% de participações é a primeira posição, a Vale.

Desse modo, esses investimentos são bastante diversificados, o que dá certa segurança para seu dinheiro. O que não significa que você não deve diversificar também em outros ativos.

“Por que o índice Ibovespa?”

O índice Ibovespa é o principal índice da bolsa de valores brasileira, ele representa as maiores e mais negociadas ações e apesar de sua composição ser questionada por alguns investidores ele reflete bem a performance do mercado brasileiro como um todo.

Sendo assim, ao investir em um ETF que replica o índice que melhor representa o nosso mercado, o investidor se expõe de forma estratégica à performance de várias empresas e da economia brasileira como um todo.

Os 4 ETFs que replicam o Ibov

Apesar de investirem na mesma carteira teórica as 4 opções de ETFs possuem suas peculiaridades como administração,

  • BOVA11
  • BOVV11
  • BOVB11
  • XBOV11

Vamos a detalhes de cada um deles:

BOVA11

O BOVA11 é o mais famoso ETF que replica o índice ibovespa, ele foi o primeiro ETF criado com essa finalidade e é administrado pela Blackrock a maior gestora de fundos do mundo!

A Blackrock trouxe para o Brasil os ETFs que são um dos principais produtos da gestora.

O BOVA11 é o maior ETF do Brasil, sendo criado em novembro de 2008.

  • Taxa de administração: 0,30 % ao ano.
  • Patrimônio Líquido: R$ 15.055.172.205 (Dezembro/2020)

BOVV11

O BOVV11 é o segundo maior ETF que replica o Ibovespa e é administrado pelo Itaú.

A taxa de administração do BOVV11 é de 0,3% sendo o precursor nessa redução das taxas de administração.

Patrimônio Líquido de mais de R$ 2 bilhões.

BOVB11

O BOVB11 é o ETF administrado pela Bradesco Asset, sendo o mais recente fundo de índice do Ibovespa. Sua taxa de administração é bastante convidativa de 0,2% ao ano.

Essa taxa é menor para atrair mais investidores, já que é um fundo novo. O patrimônio líquido, porém, já é de mais de R$ 1 bilhão de reais.

XBOV11

O XBOV11 ou Caixa ETF Ibovespa é o ETF da administradora da Caixa Econômica Federal.

A taxa de administração do XBOV11 é de 0,5% ao ano. Seu patrimônio líquido é de cerca de R$ 88 milhões de reais. Sendo o menor dos 4 fundos.

Bem, esses são os 4 ETFs que replicam o Ibovespa, opções para todos os tipos, maior patrimônio líquido, mais antigos, menor taxa. O investidor pode escolher o que melhor se adequa a seu objetivo.

O Yubb tem um vídeo no qual o Bernardo explica em detalhes cada um dos ETFs, confira aqui! E tem muito mais vídeos para você investir melhor, não deixe de nos acompanhar no Youtube e nas outras redes sociais.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo