Como funciona o Mercado de Balcão?

O mercado de balcão nada mais é do que um ambiente que permite a negociação de ativos financeiros, mesmo estando fora da bolsa de valores.

Não existe um espaço físico de negociações, ao mesmo tempo que existe uma flexibilização quanto aos registros das transações.

O termo balcão é usado como uma referência a época que os ativos eram comprados e vendidos em balcões dos escritórios das corretoras. 

As corretoras e distribuidoras funcionam como intermediadoras das negociações dos ativos da mesma maneira que na bolsa de valores. Porém, elas tem que fazer um registro de transações em uma câmara de registro. 

Os ativos disponíveis para negociação no mercado de balcão são:

  • Ações
  • Debêntures
  • Fundos de investimento
  • Títulos públicos

Tipos de mercado de balcão

Mercado de balcão não organizado

O mercado de balcão não organizado representa o antigo mercado, quando existia um espaço físico e as corretoras realizavam as transações nos balcões.

Sua principal característica é que suas transações são efetuadas entre os agentes do mercado sem registrá-las em nenhum sistema.

Nessa época não existia organização e muito menos um registro de transações. Contudo, o mercado de balcão não organizado ainda está disponível para os investidores interessados neste método.

É utilizado com o objetivo de disponibilizar ativos para negociação, que não possuem liquidez na bolsa de valores e nos demais ambientes. Porém, o risco corrido neste tipo de investimento, com relação a fraudes, calotes, enganações etc, é muito alto.

Mercado de balcão organizado

Já no mercado de balcão organizado, as transações são registradas, trazendo muito mais segurança para os investidores, principalmente na hora de transferir ativos.

Uma coisa que o torna atrativo para certas empresas, é que o mercado de balcão organizados possui um custo menor que nas operações diretas na bolsa.

Mas é válido ressaltar que a bolsa de valores possui uma segurança, qualidade e fiscalização bem maior, seja na estrutura de uma área de relação com os investidores, seja nas práticas corporativas e também na exigência da apresentação de demonstrações financeiras auditadas das empresas.

Tipos de operações realizadas no mercado de balcão

Ordem administrada

É uma ordem que define a quantidade e as características dos ativos que serão negociados, sendo que quem realiza a ordem é a corretora, distribuidora ou o banco de investimento.

Ordem a mercado

A única diferença deste tipo de operação para a ordem de mercado, é que, nessa, a execução da ordem deve ser realizada no momento em que for recebida pelo intermediário.

Ordem limitada

É uma ordem que só deve ser realizada quando o preço do ativo for igual ou mais barato do que o definido pelo cliente.

Ordem casada

É uma ordem que junta a venda de determinado ativo com a compra de outro, podendo ser efetivada apenas no momento em que as duas puderem ser feitas.

Ordem on-stop

É uma ordem que determina qual será  teto de preço no qual a ordem de compra ou venda deve ser realizada.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo