Como funciona a mineração de bitcoin?

Com o mundo das criptomoedas cada vez mais em ascensão, as pessoas ficam curiosas para saber como funciona esse ecossistema.

Mas não é para menos, estamos falando de moedas digitais, descentralizadas, com propostas muito interessantes.

Apesar de existir uma série delas no mercado, a que ainda faz mais sucesso é o bitcoin. Inclusive, no dia em que escrevo esse artigo (16/12/2020), ele bateu seu recorde histórico, ultrapassando US$ 20 mil.

Mas, como funciona a mineração de bitcoin?

Para fazer a mineração do bitcoin, é preciso ter um computador com uma capacidade de processamento muito alta.

É possível minerar com o meu computador?”

Não mais. Até 2013, isso era possível, mas hoje, caso a pessoa queira minerar bitcoin, é necessário que se tenha uma máquina feita especialmente para isso. Você pode ter o computador mais poderoso, mas nenhuma vai executar melhor a tarefa do que essa máquina.

Você até consegue baixar um software apropriado para esse fim, mas as chances de não produzirem um efeito desejado são grandes.

Ao longo dos anos, o processo evoluiu bastante com os dispositivos ASIC, oferecendo maior eficiência.

O objetivo dos mineradores, através desses equipamentos robustos, é encontrar uma sequência que torne um bloco de transações de bitcoin compatível com o bloco anterior.

Ou seja, eles vão fazer uma transmissão e adição de novos blocos de transações de bitcoin na rede.

Para isso, é preciso encontrar uma função matemática, e essa função matemática deve ser compatível com o bloco anterior já transmitido.

O computador, para encontrar essa função matemática, realiza milhares de cálculos por segundos.

Entendeu o motivo pelo qual o computador precisa ser potente?

Ah, e tem mais um detalhe: para toda a rede funcionar, é preciso que os computadores fiquem ligados 24 horas por dia, pois só assim para confirmar e auditar as transações da moeda.

“Mas o que os mineradores ganham com isso?”

Então, Yubber, quando um minerador encontra uma sequência compatível, recebe recompensas em bitcoin para cada bloco que ele minerar.

Nada mal, né?!

Essa recompensa foi pensada com o intuito de pagar as pessoas que mantêm a rede funcionando, devido ao poder computacional emprestado para o objetivo.

Muitos mineradores, inclusive, competem diariamente pela recompensa oferecida pelos blocos.

Bom, resumindo a explicação sobre mineração dada até agora, fica assim: você empresta sua robustez computacional, o computador resolve problemas matemáticos complexos, e você é recompensado em bitcoins, com a finalidade de incentivar a manter a rede online.

Vale a pena minerar bitcoin?

Então, Yubber, para minerar bitcoin você precisa estar ciente de que gastará fortunas com a atividade.

Existe uma série de mineradores espalhados pelo mundo, e se eles estão minerando, é porque, de alguma forma, vale a pena.

Pode valer a pena para você? Pode. Mas desde que tenha a consciência de que não é tão simples quanto parece.

Os custos são elevadíssimos, tanto no que diz respeito aos equipamentos, quanto ao que diz respeito à energia. Além do mais, existe uma grande competitividade.

Agora, se isso não faz sentido para você, talvez seja interessante comprar diretamente a moeda.

E aí, Yubber, gostou do artigo?


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo