Buy and hold ou day trade: qual é a melhor estratégia?

Esse é um dos temas mais comentados no mundo dos investimentos em renda variável.

Afinal, qual estratégia é a melhor? Day trade ou buy and hold?

Não é uma questão fácil de se responder, envolve uma análise completa de diversos fatores que determinam qual é a melhor estratégia.

Por isso, este artigo vai te explicar e mostrar, através de dados, tudo sobre ambas as estratégias e qual de fato é a melhor!

Para isso, os seguintes tópicos serão abordados:

  • O que é day trade?
  • O que é buy and hold?
  • 4 diferenças
  • Qual é a melhor estratégia?

O que é day trade? 

Day trade são as famosas negociações diárias que investidores de curto prazo realizam na bolsa de valores.

Consiste em uma operação que espera obter lucros através da volatilidade de determinado ativo ao longo do dia.

Tanto na queda, como na subida dos preços, isso vai depender da análise do operador, podendo operar a favor ou contra o ativo.

Suponhamos que a ação da empresa "XZ” iniciou o pregão a R$ 10,00 e o trader (como são conhecidos os investidores dessa estratégia), realizou uma ordem de compra do ativo, esperando que ele valorize.

Suponhamos que em determinado momento do pregão a ação tenha valorizado 3% e atingiu o valor de R$ 10,30. Sendo assim, o trader irá emitir uma ordem de venda e lucrar com a operação.

A análise usada para este tipo de operação é chamada de análise gráfica ou técnica.

Ela consiste na análise das movimentações dos gráficos de volatilidade de preços dos ativos determinados, nos quais podem ser encontradas métricas ou padrões de comportamento que indiquem uma compra ou venda da ação.

O que é buy and hold?

Buy and hold ou traduzindo para o portugues: Comprar e segurar, é uma estratégia focada no longo prazo.

Ela consiste em investir em empresas sólidas em seus setores e com um bom potencial de crescimento.

Diferentemente do day trade, a análise feita nessa estratégia é a fundamentalista.

Ela consiste em observar e entender todos os indicadores econômicos das empresas e suas métricas para o futuro.

O buy and hold não se interessa pelo preço da ação, mas para o valor que aquela companhia pode agregar no longo prazo.

É uma estratégia na qual quase não será feita venda dos ativos da carteira, apenas em momentos específicos em que o investidor julga que determinada empresa não é tão bom negócio quanto era no início.

É necessário ter paciência e consistência nos aportes ao longo do tempo.

Acima de tudo, é necessário ter uma mente de investidor e não de especulador.

4 diferenças 

  1. Day trade é focado no curto prazo, enquanto o buy and hold é no longo prazo.
  2. O day trade envolve uma análise gráfica, já o buy and hold consiste em uma análise fundamentalista.
  3. O trader possui uma mentalidade de especulador, já o holder deve ter a mentalidade de sócio, o que ele realmente é.
  4. Há um risco muito maior nas operações de day trade do que no buy and hold.

Qual é a melhor estratégia?

É importante ressaltar que qualquer estratégia de investimentos em renda variável possui seus riscos.

Mas os riscos podem ser bastante amenizados dependendo da estratégia a ser utilizada.

Para se ter uma ideia, foi feita uma pesquisa no Brasil, com 98.378 traders, que foram entrevistados.

O resultado foi o seguinte:

  • Apenas 0,12% apresentam lucro bruto diário médio acima de R$ 100,00 (praticamente 1 a cada 10 mil traders).
  • R$ 49,00 é a média de prejuízo diário dos traders.
  • Apenas 0,57% dos investidores persistem no day trade por mais de 300 pregões.

É notável que o day trade é uma estratégia que envolve um risco muito alto, além de ter um teor especulativo. Muitos consideram como uma aposta.

Acreditar na promessa de ganhos rápidos e consistentes na bolsa é a mesma coisa de acreditar em papai noel.

A probabilidade de ganhos e bons rendimentos escolhendo empresas sólidas ao longo do tempo é muito maior.

Além do que é fundamental entender que a bolsa de valores é um jogo de equivalência 0.

Se alguém ganhou muito dinheiro, é porque alguém perdeu na mesma medida.

Portanto, comprar ações periodicamente ao longo do tempo, faz com que a riqueza presente nas negociações se acumule no patrimônio dos investidores de longo prazo.

Isso porque enquanto milhares de investidores se arriscam em negociações de curto prazo e acabam vendendo bastante ativos, são os investidores de longo prazo que os compram e os acumulam ao longo do tempo.

Contudo, analisando risco, rentabilidade, probabilidade, segurança, lucros e vantagens, a estratégia que se mostra muito mais efetiva é a buy and hold!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo