Qual é a diferença entre CDB e CDI?

Vamos para mais uma “salada” de siglas. Sim, o mercado financeiro está cheio de siglas e, às vezes você pode ficar meio perdido. Mas não se preocupe, estamos aqui para te ajudar!

Você já deve ter ouvido falar várias e várias vezes sobre o CDB e o CDI. E a verdade é que você vai continuar ouvindo, porque estamos falando de duas coisas famosíssimas no mercado.

Não sabe a diferença entre elas? A gente explica, Yubber, então fique aqui no artigo!

Mas antes, vou dar uma breve explicação sobre o que é o CDB e o que é CDI. Dessa forma, será muito mais fácil entender as diferenças depois.

O que é CDB?

CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título emitido pelo banco para captação de recursos. Portanto, isso quer dizer que, se você aloca o seu dinheiro em um CDB, na prática você está emprestando dinheiro para o banco.

Essa modalidade de investimento é muito famosa no mercado, e você ouvirá com muita frequência.

A captação dos recursos pode ser tanto de pessoas físicas, quanto de pessoas jurídicas, e é um investimento de baixo risco, visto que conta com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), diluindo, então, o risco de crédito (nome bonito para calote).

Quanto à rentabilidade, ela vai variar. As opções disponíveis são prefixados, pós-fixados e híbridos.

E o que é CDI?

O CDI (Certificado de Depósito Interbancário – ou Interfinanceiro), também são títulos emitidos por instituições financeiras, MAS você não consegue investir, porque as negociações são feitas exclusivamente entre os bancos.

Para ficar fácil de lembrar o conceito, é só se atentar ao nome, que é bastante intuitivo, portanto, as negociações são feitas no mercado interbancário.

E por que os bancos emprestam dinheiro entre si?”

Porque às vezes um banco encerra o dia deficitário, então o banco que tem dinheiro sobrando, empresta para o que não tem.

A média ponderada dessas transações feitas através do CDI, no mercado interbancário, gera uma taxa importantíssima na nossa economia: a taxa DI. Essa taxa remunera uma série de investimentos pós-fixados no mercado de renda fixa.

Exemplo: imagine que um CDB renda 100% do DI. Se a taxa DI fechar o ano em 8%, significa que a rentabilidade do investidor será de 8%. Agora imagine que um CDB renda 90% do DI. Se a taxa DI fechar em 10%, o investidor será remunerado em 9%.

Como você pode observar, CDI não é a taxa, e sim um instrumento para se chegar na taxa DI.

Estou dizendo isso porque, com frequência, o mercado se refere à taxa DI como sendo taxa CDI. Quando ler ou ouvir algo assim, não confunda. É só uma forma do mercado se expressar.

Mas, qual a diferença entre o CDB e o CDI?

Aposto que agora ficou fácil saber. Você até deve se dado a resposta automaticamente.

Tanto o CDB quanto o CDI são títulos emitidos por bancos, mas:

  • CDB capta recursos de investidores pessoa física e pessoa jurídica;
  • CDI capta recursos de outros bancos, não permitindo acesso aos investidores.

E aí, Yubber, conseguiu entender de uma vez por todas? Espero ter ajudado!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo