O que é e como investir em LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)?

A Letra de Crédito do Agronegócio é um título de renda fixa de baixo risco usado por instituições bancárias financiarem projetos do setor agrícola nacional. Assim como nas LCIs, os rendimentos não têm incidência de Imposto de Renda.

A grosso modo, o banco emite a letra para quem empresta dinheiro para investirem nas iniciativas agropecuárias como, cooperativas, produtores rurais e outros financiamentos do setor.

Por esse empréstimo, as instituições bancárias pagam juros pelo tempo e quantia aplicada. Além disso, essas letras possuem a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) que assegura um aporte de até R$ 250 mil caso o banco emissor passe por problemas.

Quais tipos de LCA existem?

As LCAs podem estar atreladas a índices fixos, taxas de mercado ou ambas:

  • Letras prefixadas: as taxas são fixas e conhecidas desde o início. Portanto, é possível saber qual será o rendimento no dia do vencimento.
  • Letras pós-fixadas: as referências aqui são feitas por índices econômicos e, por conta disso, os rendimentos podem sofrer algumas variações. Em geral, é atrelada ao CDI que tem ganhos parecidos com a taxa SELIC.
  • Letras atreladas à inflação: neste tipo, possuem um referencial fixo, mas também é acrescido algum índice de controle da inflação (IPCA ou IGP-M).

Quanto é o tempo de carência das LCAs?

O período mínimo de carência para as LCAs é de 90 dias. Esse é o tempo que estipulado pelo Conselho Monetário Nacional que não permite o resgate antes desse período.

Essa é uma das características que afasta investidores que buscam rendimentos de curto prazo. Por outro lado, mesmo com a carência, a rentabilidade das LCAs costuma ser bem vantajosa em aplicações de médio e longo prazo.

A liquidez da LCA pode ser diária

Após esse período de carência, existem algumas LCAs com liquidez diária – mas não são todas. É importante analisar isso antes, pois alguns papeis só permitem o resgate na data do vencimento, que costuma ter prazos maiores que outras aplicações – podendo chegar a até 3 anos.

As LCAs são isentas de Imposto de Renda

O melhor atrativo das LCIs e LCAs é relacionado ao custo e às taxas, pois são investimentos isentos de Imposto de Renda – diferentemente dos outros títulos de renda fixa. É nesse ponto que uma LCA com menor rendimento pode ser muito mais atrativa do que um CDB com ganho superior.

Como investir em LCA?

Você pode investir em LCAs por meio dos bancos ou através de corretoras que ofereçam esse tipo de aplicação. Mas primeiramente você deve analisar muito bem quais são os objetivos de investimento.

Por exemplo, se você procura um lugar para sua reserva de emergência, a LCA não é uma boa opção – uma vez que o tempo de carência impossibilita o resgate antes dos 90 dias.

Por serem muito procuradas, existem muitas opções diferentes de LCA disponíveis no mercado financeiro. Rendimento, tempo de carência, liquidez e data de vencimento são quesitos decisivos para escolha da melhor LCA para sua carteira de investimento.

É importante lembrar que não são recomendáveis investimentos maiores do que o FGC pode cobrir (R$ 250 mil). Portanto, se o montante que você deseja aplicar for maior que isso, você pode diversificá-lo em mais de um banco (em diferentes grupos financeiros).

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo