O que é e como investir em CDB (Certificado de Depósito Bancário)?

Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um papel emitido pelo banco a quem empresta dinheiro a ele. Em contrapartida, o investidor recebe uma remuneração em forma de juros de acordo com o montante e o tempo aplicado.

É um investimento em renda fixa de baixo risco que conta com a segurança do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) – que é uma associação que assegura o valor de até R$ 250 mil por CPF caso o banco emissor do certificado passe por dificuldades financeiras.

Os recursos captados são utilizados para financiar as próprias atividades bancárias do emissor, podendo incentivar projetos da instituição e até pagamentos de dívidas.

Assim como quase toda operação econômica, os rendimentos costumam ser mais vantajosos a longo prazo. Mas é possível encontrar alternativas muito rentáveis em bancos de menor porte com prazos menores de vencimento ou com possibilidade de resgate imediato (liquidez diária).

Quais os tipos de CDB?

As rentabilidades dos CDBs vão variar de acordo com as taxas fixadas em cada categoria:

  • Títulos prefixados: possuem previsibilidade de rendimento, pois no dia da compra, já se sabe quanto o dinheiro vai valer na data do vencimento;
  • Títulos pós-fixados: são os mais comuns e têm suas taxas de rendimento atreladas a algum indexador econômico. Geralmente, a variável utilizada pelos bancos é o CDI, que é muito próximo da taxa Selic;
  • Títulos híbridos: a rentabilidade desse tipo é feita por meio de um valor fixo e outro variável, que pode estar relacionado à inflação. Esse tipo é reservado para quem deseja manter o poder de compra do montante aplicado.

Qual o tempo de vencimento do CDB?

No geral, os investimentos em renda fixa possuem prazos de vencimento muito bem definidos. Os prazos do CDB podem variar de 30 dias a 5 anos. Portanto, é importante definir quanto tempo você está disposto a deixar seu dinheiro nesse tipo de investimento, pois nem todos possuem a possibilidade de resgate antes do dia vencimento.

Existe CDB com liquidez diária?

Existem CDBs com liquidez diária, mas não são todos. É preciso analisar essa característica de investimento antes da compra.

Liquidez é a capacidade do investimento voltar para as mãos do investidor. Quando ela é diária, quer dizer que o resgate pode acontecer a qualquer momento antes do vencimento. Em contrapartida, os CDBs que oferecem essa vantagem possuem rentabilidade menor.

CDB é tributado pelo Imposto de Renda?

Diferentemente das Letras de Crédito (LCI e LCA), os CDBs possuem a incidência da tabela regressiva de imposto de Renda sobre os rendimentos. Quanto maior o tempo da aplicação, menor será a alíquota cobrada – podendo variar de 15% (para investimentos acima de 720 dias) até 22,5% (para investimentos de até 180 dias).

Como investir em CDB?

É extremamente acessível investir em CDB no Brasil, sendo possível aplicar de forma direta pelos bancos ou por corretoras com quantias iniciais muito baixas – a partir de R$ 1,00, por exemplo.

Por ser tão popular, existem muitas possibilidades para esse tipo de investimento. Para escolher qual é a melhor para o seu perfil, é necessário definir bem os seus objetivos antes de investir: valor inicial, liquidez, rentabilidade e quanto tempo você está disposto a deixar seu dinheiro aplicado.

Depois que você tem isso definido, é muito mais fácil encontrar qual a opção é a melhor para sua carteira.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo