Por que investir em fundos imobiliários ao invés de imóveis?

Investir no mercado imobiliário é uma tradição e, também, um sonho entre muitos brasileiros. Mas o que é melhor? Comprar o ativo ou investir em um fundo imobiliário?

Em primeiro lugar, é importante saber que, nem sempre, comprar um imóvel para investimento pode ser um bom negócio. Isso porque, muitas vezes, o proprietário pode ter dificuldades para alugar o bem, ou, até mesmo, ter problemas com inadimplência de inquilinos, por exemplo.

Além disso, imóveis necessitam de manutenções constantes, o que também pode comprometer a rentabilidade do investimento. Dessa forma, muitos investidores acabam optando pelos fundos imobiliários (ou FIIs, na linguagem comum do mercado).

Quer saber quais as vantagens desses investimentos em relação aos imóveis? Então, confira 5 delas que selecionamos para você!

Simplicidade

A primeira vantagem que apontamos em relação aos FIIs é a simplicidade com que são negociados. Nesse sentido, o investidor pode fazer suas negociações totalmente pelo home broker, sem se preocupar com burocracias referentes aos imóveis.

Por outro lado, quem investe diretamente em imóveis precisa cuidar de formalidades como escrituras, certidões, impostos como ITBI, entre outras.

Acessibilidade

Por meio dos FIIs, o investidor pode participar do mercado imobiliário com bem menos dinheiro do que se precisaria para comprar um imóvel.

Além disso, atualmente existem cotas de fundos imobiliários com valores bem baixos, o que torna esse investimento ainda mais ao alcance de todos.

Liquidez

Digamos que o investidor precise vender o seu imóvel para fazer frente a uma emergência. Com sorte, ele até conseguiria negociar o ativo rapidamente. Porém, na maioria das vezes, os imóveis não possuem liquidez tão alta quanto os fundos de investimentos. A não ser, é claro, que o investidor sacrifique o preço para que consiga vendê-lo rápido.

Nesse sentido, os FIIs apresentam mais uma vantagem em relação a imóveis físicos. Isso porque, desde que tenham compradores, as suas cotas podem ser negociadas a qualquer tempo na bolsa de valores.

Diversificação

Muitos fundos imobiliários possuem diversos ativos em seu patrimônio. Dessa maneira, esses investimentos conseguem ter o seu risco diluído e, ao mesmo tempo, proporcionar mais chances de ganhos. Afinal, se há uma crise em algum setor, os efeitos negativos podem ser compensados pelo bom desempenho dos imóveis de outros segmentos.

Gestão profissional

Da mesma forma que outros fundos, os FIIs também possuem gestão profissional. Logo, esses investimentos contam com equipes especializadas, que visam garantir o melhor resultado para os cotistas.

Nesse sentido, uma das ações dos gestores é a procura uma base de inquilinos boa e diversificada. Além disso, esses profissionais também estão sempre atentos a boas oportunidades de aquisições de imóveis para o patrimônio do fundo.

Conclusão

Os fundos imobiliários são uma forma bem mais simples de se investir em imóveis. Entretanto, é importante analisar atentamente alguns fatores, como a sua composição, o segmento dos imóveis, a vacância (grau de desocupação), entre outros. Além disso, entender a estratégia da gestão é fundamental para que o investidor saiba se o fundo está adequado ao seu perfil.

Deu para conhecer melhor as vantagens desses investimentos? Mande suas dúvidas ou comentários!

 


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo