Índice de Sharpe: como funciona esse indicador?

Índice de Sharpe é um indicador criado por Willian Sharpe que tem como objetivo avaliar a relação entre o risco e o retorno de determinado investimento. A função é ter uma ideia sobre qual é a relação entre o retorno excedente ao ativo que é livre de risco e sua volatilidade.

Essa relação é feita através da comparação de diferentes fundos de investimento, devido aos diversos perfis que estes fundos possuem. O gestor de um fundo pode escolher ativos mais arriscados, procurando melhores rendimentos, já outro gestor pode ter um perfil menos arriscado, visando o ganho de dividendos.

O índice surgiu devido ao fato de existir diversos perfis de risco de fundos de investimento, tendo a necessidade de um mecanismo que compare essa diferença, para que o investidor tenha mais clareza na hora de escolher seus investimentos.

Como calcular Índice de Sharpe

A fórmula usada para calcular o índice de Sharpe é:

S = (Rp - Rf) / Op

  • S: Índice de Sharpe
  • Rp: É o retorno do fundo, que é basicamente o retorno bruto do fundo, em determinado período.
  • Rf: É a taxa livre de risco, que é a taxa de retorno da aplicação de menor risco disponível no mercado. É um ativo ilusório que não possui nenhum tipo de risco (como não existe nenhum ativo nesse perfil, normalmente utiliza-se o título de curto prazo do governo norte americano como comparação. Sendo assim, ao subtrair o retorno do fundo pelo ativo livre de risco para se obter o retorno do investidor ao optar por um ativo com risco, frente a um sem risco).
  • Op: Este é desvio padrão, que é uma medida de dispersão bastante usada no mercado para definir o risco dos ativos.

Ou seja, o índice divide o retorno de risco do fundo pelo desvio padrão apresentado. Um exemplo prático para entender melhor:

Vamos supor que você receba uma oferta de aplicação em um fundo que promete um retorno de 10% mas com um desvio padrão de 2%, ou seja, espera-se um retorno entre 6% a 14%.

Já um fundo que lhe garanta um rendimento de 12%, mas com 15% de desvio padrão, há uma enorme chance do retorno estar entre -3% e 42%.

Um investidor mais conservador com certeza optaria pela primeira opção, devido a menor volatilidade do fundo. Já um investidor que prefere um risco maior, mas com uma maior chance de ganhos, escolheria o segundo fundo.

Compensa usar o índice de sharpe?

Para realizar uma análise completa de qualquer fundo ou de seus próprios investimentos, é necessário calcular tanto os rendimentos como também os riscos. É nessa hora que entra o índice de Sharpe, medindo a eficiência dos fundos.

Como os ativos apresentam frequentes oscilações de preços e de rendimentos, o desvio padrão torna o cálculo mais preciso, incluindo a volatilidade do mercado no cálculo.

Portanto, para aquele investidor que deseja fazer uma análise mais técnica e efetiva da performance de seus investimentos, através de comparações, o índice de sharpe sem dúvida é um excelente mecanismo para isso.


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo