Como escolher um fundo de ações?

Um fundo de ações é o fundo que, por regra imposta pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), necessita de ter 67% do seu patrimônio alocado em ações.

Por isso é importante lembrar ao investidor que seu dinheiro não estará alocado somente em renda variável.

O que você verá neste artigo:

  • O que é um fundo de ações
  • Qual é seu funcionamento?
  • 3 dicas para investir em um fundo de ações

Entender a estratégia do fundo faz com que você saiba quais outros ativos estão presentes ali e qual é o prazo focado do fundo, seja curto, médio ou longo.

O jeito certo de conferir isso, é analisando a carta do gestor, que mostra onde ele está aplicando o dinheiro.

No caso do gestor não disponibilizar essa carta, você deve calcular o chamado tracking error. 

Como o fundo é de ações, em sua maioria, ele oscila de acordo com a bolsa. Portanto, o tracking error é calculado subtraindo a oscilação do fundo menos e oscilação da bolsa.

Quanto maior o tracking error, mais o fundo investe em outros ativos que não são ações. Quanto menor, significa que o fundo está andando de acordo com a bolsa e possui a maioria do seu patrimônio alocado em ações.

Essa prática é a chamada benchmark, na qual o fundo é atrelado a um índice de referência, tendo que ter uma rentabilidade próxima ou superior desse índice.

No caso do fundo de ações, o índice Ibovespa é a referência.

3 dicas para investir em fundos de ações

Rentabilidade histórica

Analisar a rentabilidade histórica de um fundo de ações é praticamente fazer uma seleção natural.

Dificilmente você encontrará um FIA (fundo de ações) que possui uma rentabilidade histórica ruim.

Isso porque os que têm uma rentabilidade ruim acabam saindo do mercado.

Portanto, o que deve ser analisado entre os fundos que apresentem uma boa rentabilidade é qual a estratégia utilizada que fizeram eles chegar aos bons resultados.

Para isso, entender o que o gestor fez é o grande diferencial da análise.

Taxas 

As taxas cobradas devem ser analisadas de acordo com o risco envolvido em cada fundo.

Se é um fundo que possui um tracking error mais baixo, então só faz sentido ter uma taxa mais baixa. Porque senão é só o investidor comprar o próprio índice.

Caso o fundo tenha um tracking error elevado, significa que a taxa cobrada tem sentido em ser maior.

Isso porque a performance do fundo é mais concentrada e efetiva do que o normal.

Acessibilidade

Diversos fundos de ações possuem um valor de cotas bastante acessível. Alguns disponibilizam cotas a partir de R$ 500,00, mesmo sendo fundos de enorme qualidade.

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo