Quando vender uma ação?

Vender uma ação nunca é uma decisão fácil, envolve uma série de motivos.

Por que você está vendendo, ao mesmo tempo que alguém quer comprar? Quem está tomando a melhor decisão?

O Yubb separou neste artigo, 3 motivos corriqueiros para vender uma ação, que são:

  • Deterioração do negócio
  • Novas oportunidades
  • Má gestão

Deterioração do negócio

No momento em que você toma uma decisão de investimento, espera-se no mínimo que a empresa tenha bons resultados e que o negócio seja lucrativo.

Mas, ao longo do tempo, essa empresa pode vir a se tornar um mau negócio estruturalmente, muito endividada e refletindo negativamente sobre o preço da ação. 

Claro que essa análise deve ser bem séria. Não adianta olhar apenas para o resultado de um ou dois trimestres, mas no mínimo um ano.

Isso porque a empresa pode estar passando por uma turbulência momentânea.

A melhor decisão neste caso, é vender a ação o quanto antes. O primeiro prejuízo é sempre o menor.

Novas oportunidades

Ao longo dos anos, novas empresas aparecem e novas oportunidades de bons negócios também.

Quando você enxerga um potencial enorme de investir em uma empresa mais recente, faz sentido vender uma parte das suas ações da carteira e deslocar esse capital para esse novo ativo.

Nada mais é do que rebalancear a sua carteira e encaixar uma nova empresa, com um grande potencial, segundo sua análise.

Má gestão

Empresas que possuem uma governança corporativa ruim, ou seja, uma má gestão, não são confiáveis para continuar investindo.

Como deixar o seu dinheiro em uma companhia que não é transparente? Que os gestores são suspeitos? Que está sofrendo algum tipo de processo na justiça?

Isso gera uma insegurança muito grande. Além do que a gestão é uma das coisas mais importantes de um negócio.

Se os gestores não são confiáveis, o rumo da empresa é completamente incerto.

Por isso, para proteção de seu capital, o recomendável é vender seus ativos neste momento.


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo