Índice Small Cap: o que é e como funciona?

Dentro do mundo dos investimentos há uma série de conceitos que, por vezes, pode deixar o investidor meio perdido, como por exemplo, o Índice Small Cap.

Não se preocupe, com o tempo e experiência você vai se familiarizando e, no artigo de hoje, a intenção é justamente te deixar por dentro de mais um conceito que, na verdade, só parece assustador.

Primeiro, o que é Small Cap?

No geral, uma empresa que tem seu valor de mercado abaixo de R$ 2 bilhões, é considerada uma small cap.

“Ok, mas isso é muito ou pouco?”

Depende! Às vezes a empresa pode ser muito conhecida e gigante em seu setor, mas quando comparada com as gigantes da B3 (bolsa de valores brasileira), o valor de mercado dessa empresa acaba sendo muito pequeno.

Ou seja, não basta ter grande participação no setor e ser bastante conhecida. O que vai dizer se ela é small cap é o valor de mercado, comparado às empresas maiores da bolsa de valores.

Outro ponto que vai definir se ela é small cap ou não é o volume de negociação que ela tem na bolsa de valores. Se tiver um volume baixo de negociação, então ela é uma small cap.

Bom, vamos agora para o que interessa!

O que é o Índice Small Cap?

O índice de small cap é uma carteira teórica, composta por ações e units de ações, de companhias listadas na B3, que tem como objetivo reunir as principais empresas que possuem baixa capitalização (baixo volume de negociação).

Na bolsa de valores brasileiras, há apenas um índice de small caps: Índice Small Cap SMLL. Para você ver a lista das empresas que compõem o índice SMLL, é só acessar o site da B3 clicando aqui. 

Algumas pessoas não entendem muito bem o que é uma carteira teórica de ativos, e caso essa seja uma dúvida sua, vou te explicar de forma bastante simplificada.

Imagine uma cesta. Agora imagine que, dentro dessa cesta, há várias ações. 

“Mas, o que as ações têm a ver com a cesta?” 

Didaticamente falando, uma carteira teórica é isso. É como se fosse uma cesta, e dentro dessa cesta tivesse as ações mais negociadas na bolsa.

Vale dizer que, a composição do índice não é sempre a mesma. Isso porque a bolsa faz um rebalanceamento de forma quadrimestral, podendo modificar, então, as companhias.

Além do mais, nem todas apresentam a mesma participação no SMLL. Ou seja, na composição, o índice não considera todas com o mesmo peso.

Importante: não estão incluídos na carteira os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) e ativos de companhias em recuperação judicial ou extrajudicial, regime especial de administração temporária, intervenção ou que sejam negociados em qualquer outra situação especial de listagem.

Qual a diferença entre o Índice Small Cap e o Índice Bovespa?

Enquanto o Índice SMLL tem como participação as empresas com menor capitalização na bolsa de valores, o Índice Bovespa (Ibovespa) vai reunir as empresas que têm maior capitalização, que são as chamadas blue chips.

Como investir no Índice Small Cap?

Você não deve confundir o índice como um ativo, ok? Isso porque você não entra no home broker e compra um ativo chamado Índice Small Cap. Ele é só uma carteira teórica.

“Então quer dizer que não dá para investir?”

Na verdade, dá sim! Eu só quis deixar isso claro para você porque é uma dúvida comum. Portanto, investir diretamente nele, não é possível, mas investir indiretamente nele, é possível.

“Como assim?”

Bom, para que você consiga investir em um Índice Small Cap, será preciso alocar seus recursos em ETFs (Exchange Traded Fund), por exemplo, que nada mais é que um fundo de índice que tem como objetivo replicar a rentabilidade de algum índice da bolsa.

Yubber, se você quer entender melhor sobre o que é small cap e como investir, nós temos um artigo para você. É só clicar aqui!

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo