Ações micro caps: quais são as empresas com baixa capitalização?

Muitos investidores chegam na bolsa de valores com o sonho de encontrar a próxima empresa que terá uma grande valorização e multiplicará seu capital de forma exponencial o deixando rico.

Investir em micro caps representa além da possibilidade de grandes lucros um compromisso com o médio/longo prazo já que em crescimentos assimétricos tendem a acontecer após certo tempo de maturação das empresas no mercado.

Pesquisar boas empresas menores que estão fora do radar do público geral é difícil e para isso você tem que saber tudo sobre as micro caps!

Neste artigo teremos:

  • O que são micro caps?
  • Por que investir em micro caps?
  • Como investir em micro caps?

O que são micro caps?

As empresas da bolsa de valores são classificadas conforme seu valor de mercado que é medido através da multiplicação do preço pela quantidade de ações.

As micro caps são empresas com um baixíssimo valor de mercado, claro, como estamos falando de capital aberto isso não foge da casa dos milhões de reais.

Para ser considerada micro cap a empresa deve ter valor de mercado abaixo de US$ 300 milhões de dólares. No Brasil, de forma mais genérica, considera-se as empresas que possuem menos de R$ 1 bilhão de valor.

O mercado financeiro brasileiro ainda está em crescimento de forma que a quantidade de investidores no país dentre outros fatores não incentiva tanto empresas de pouco capital a entrarem na bolsa de valores, sendo assim existem poucas empresas consideradas micro caps listadas na B3.

Quando se fala em baixa capitalização logo os investidores associam a small caps  que são mais comuns no nosso mercado. Todavia é bom compreender bem as duas classificações já que abrangem ativos diferentes e riscos diferentes ao investidor.

Por que investir em micro caps?

Conseguir retornos exponenciais com base na valorização do preço de uma ação é bastante difícil quando se fala em empresas consideradas “grandes” pois muitas vezes o preço da ação já está condizente com o valor da empresa ou com as expectativas do mercado. 

No caso de micro caps, como a empresa ainda é “pequena” há ainda bastante espaço para a valorização ao longo do tempo. Como essas empresas não estão no foco da grande mídia é mais fácil que o preço de suas ações também não esteja sofrendo influência de expectativas específicas de curto prazo. 

Dessa forma você poderia investir um valor pequeno e conseguir comprar uma quantidade grande de ações que após certo período de tempo podem se valorizar e multiplicar seu capital investido em muitas vezes.

Claro, quanto maior os retornos esperados maiores também são os riscos. As empresas consideradas micro caps também não costumam possuir bastante informações sendo divulgadas ou ainda poucos analistas estudam esse tipo de ações de modo que o investidor conhece pouco da empresa e o risco de não ser o que você estava esperando é alto.

Como estão em fase de crescimento as micro caps podem ainda sofrer bastante com crises e problemas que empresas maiores lidam de forma mais tranquila, sendo assim, cuidado com o valor aplicado.

Como investir em micro caps?

Para investir em micro caps é importante estar ciente dos riscos e dessa forma aplicar uma parte pequena do seu capital. Caso haja valorização ainda que essa parte seja pequena poderá render grandes ganhos e como as valorizações não acontecem de uma hora para outra você poderá aumentar sua posição se estiver acompanhando de perto a empresa.

Busque empresas em mercados que ainda estão se consolidando, dessa forma a empresa que é referência neste mercado poderá conquistar um espaço maior com seu crescimento e valorizar-se em consequência.

Empresas pequenas que se mostram inovadoras em mercados consolidados também podem ser bons investimentos caso sejam compradas pelas gigantes do setor, fique atento.


Gostou de aprender sobre micro caps? Conheça mais formas de investimentos no Yubb!

Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo