Conheça o iShares da BlackRock: um provedor de ETFs

Os investimentos em ETFs estão ganhando cada vez mais força e espaço no mercado brasileiro e internacional.

Os provedores de ETFs estão diretamente ligados a esse crescimento, sendo que um deles é o famoso iShares, da BlackRock.

Ele é um provedor de ETF que atua tanto no Brasil quanto no exterior.

Por mais que o mercado brasileiro de ETFs seja bastante pequeno, este é um dos maiores provedores do mundo.

E para explicar todo seu funcionamento, esse artigo será dividido entre os seguintes tópicos:

  • O que é o iShares?
  • Quais são os seus ETFs?
  • Importância do provedor

O que é o iShares?

iShares é o provedor de fundos ETF da BlackRock. 

É um dos maiores de todo o mercado mundial e, por isso, todos os ETFs que possuem o Blackrock como gestor, possuem também o iShare como provedor.

No mercado brasileiro, os ETFs presentes no provedor tem o objetivo de acompanhar os índices de renda variável, seja da bolsa de valores brasileira, seja da bolsa americana.

A iShare entrou no mercado desde a década de 1990, no momento em que esse tipo de ativo começou a crescer no mercado.

Até dezembro de 2019, esse provedor possuía em sua carteira mais de 300 ativos.

É importante deixar claro as vantagens que estão relacionadas a esse tipo de ativo, que são: 

  • Custos mais baixos
  • Maior diversificação 
  • Liquidez maior
  • Acesso mais fácil ao mercado externo

Quais são os seus ETFs?

Os ETFs da iShares no mercado brasileiro são:

  • BOVA11
  • SMALL11
  • BRAX11
  • ECOO11
  • IVVB11

O IVVB11 acompanha o índice americano S&P 500. Ele representa o desempenho das 500 maiores empresas dos Estados Unidos.

Comprar esse ETF possibilita ao investidor se expor ao mercado americano, assim como a variação cambial entre o dólar e o real.

Os demais ativos da iShare estão ligados aos índices da bolsa de valores brasileira. 

Como, por exemplo, o BOVA11, que acompanha o desempenho do índice Ibovespa.

Já o SMAL11 acompanha o desempenho das principais small caps listadas na bolsa brasileira.

Fato é que os ETFs da iShares no Brasil possuem exposição aos mais variados tipos de índices.

Importância do provedor

Primeiro de tudo, antes de escolher um ETF para investir, o principal a ser feito é conhecer qual o seu provedor.

Logo em seguida, um ponto de grande importância é a transparência do provedor e o acesso às informações que ele proporciona. 

Aplicar em ETFs cuja comunicação é mais efetiva, ajuda o investidor no momento de entender melhor sobre os ativos presentes na carteira.

Nesse contexto, o iShares é sem dúvidas um provedor que tem muito reconhecimento no mercado de ETFs.

Isso se deve ao fato de possuir atuação em diversos países, já a um bom tempo, além de ter uma boa segurança institucional também.

Mas lembre-se de que não importa a qualidade do provedor. O mais importante é sempre fazer uma análise profunda antes de realizar, não só esse, mas qualquer tipo de investimento.


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo