Gestão ativa ou passiva em fundos: qual é a melhor?

Aplicar em fundos de investimentos, sejam eles imobiliários, multimercados ou até mesmo os ETFs pode ser uma forma bastante fácil de investir.

Dessa forma você não precisa necessariamente ficar acompanhando o mercado ou estudando empresas.

Porém, investir em fundos requer atenção a alguns detalhes para garantir que você está alocando o seu suado dinheirinho em algo que vai poder rentabilizar para você.

Um dos fatores mais importantes ao investir em fundos é conhecer e analisar a gestão.

Existem dois tipos de gestão: ativa e passiva, o investidor deve entender qual a melhor para a sua estratégia.

Conheça mais sobre a gestão de fundos neste artigo!

  • O que é gestão ativa e passiva?
  • Vantagens e desvantagens
  • Qual a importância da gestão do fundo para seu dinheiro?

O que é gestão ativa e passiva?

Um dos fatores mais decisivos para o desempenho de um fundo de investimento é a gestão.

A forma de gerir o fundo deve ser conhecida pelo investidor antes do momento de aplicação de forma que ele entenda qual a estratégia envolvida neste investimento.

Ainda que rentabilidade seja um fator crucial, somente a partir do entendimento da gestão de um fundo que o investidor consegue saber de forma clara o que acontece com seu dinheiro.

Sendo assim, cabe entender as duas formas de gestão: ativa e passiva.

Gestão Ativa

A gestão ativa é aquela na qual o fundo possui um gestor que tem por objetivo superar um benchmarking, ou seja, um indicador de comparação. 

Esse indicador de referência é definido no regulamento do fundo e vai servir de base para o trabalho do gestor que deve realizar operações de forma a superar a rentabilidade dessa referência.

Nessa estratégia o gestor possui certa liberdade para escolher a forma de aplicar o dinheiro do fundo para receber a rentabilidade esperada.

Claro, seguindo regras já definidas pelo regulamento do fundo e dependendo do tipo de fundo.

Gestão Passiva

Na gestão passiva o gestor do fundo usa o índice de referência como meta a ser atingida.

Assim, o fundo deve acompanhar esse indicador e não superá-lo, deste modo a rentabilidade está mais atrelada ao desempenho do próprio índice.

Vantagens e desvantagens

Cada tipo de gestão possui vantagens e desvantagens, vamos conhecer as principais.

Vantagens

Nos fundos de gestão ativa uma das principais vantagens é que o retorno pode ir muito além do esperado, superando a referência em muitas vezes dependendo da atuação do gestor trazendo alegria para o investidor.

Já no fundo de gestão passiva a principal vantagem está na previsibilidade do retorno baseado na referência, isso não significa um retorno positivo, porém implica em um retorno condizente com o esperado o que traz certa segurança ao investidor.

Desvantagens

As principais desvantagens de um investimento de gestão ativa estão no risco de volatilidade do resultado ser maior e também nas taxas de administração.

A volatilidade desse tipo de fundo pode ser uma desvantagem pois depende não só do mercado e índice de referência mas da estratégia escolhida pelo gestor, o que envolve um maior risco.

Como o trabalho do gestor aqui envolve um desafio maior, as taxas também costumam ser maiores que as de gestão passiva.

Nos fundos de gestão passiva a grande desvantagem está no mesmo fator vantagem: a relação com o índice de referência. Isso ocorre pois o comportamento do índice de referência pode não varia de forma acima da média, ou seja, trazendo uma grande rentabilidade. Ou pior ainda, o índice pode ter um baixo desempenho e a gestão não pode fazer nada além por isso.

Qual a importância da gestão do fundo para seus investimentos?

A gestão do fundo tem muito a ver com segurança e rentabilidade. Assim, para escolher a melhor forma de gestão é importante que você entenda principalmente qual o seu objetivo com esse investimento.

A melhor gestão de um fundo vai ser a que condiz mais com a estratégia que você pretende ao aplicar aquele valor.

Se você pode correr mais riscos à espera de um retorno maior, a gestão ativa pode ser melhor para você.

Agora se você não está pronto para riscos maiores, deve buscar a gestão passiva de um fundo com um índice de referência que você se sente mais seguro.

O mais importante é entender como as duas gestões funcionam para alocar seu investimento de forma condizente com seu perfil.


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo