Como investir o décimo terceiro salário: 4 dicas

Todo final de ano é a mesma história. A maioria dos trabalhadores brasileiros sempre se perguntam: o que vou fazer com meu décimo terceiro?

Essa dúvida surge justamente porque uma grande quantidade dessas pessoas não querem simplesmente gastar esse dinheiro.

Mas por outro lado, também não sabem como investi-lo.

E é por isso que o Yubb separou 5 dicas de muito valor, para ajudar a você que não tem muita ideia sobre onde investir seu décimo terceiro:

  1. Poupança de jeito nenhum
  2. Tesouro Direto
  3. CDB
  4. Ações

Poupança de jeito nenhum

Um dos principais motivos que levam as pessoas a acharem que a poupança é um bom investimento, é a " segurança e a facilidade de abrir conta em um banco".

Porém, o que essas pessoas não sabem é que os outros tipos de investimento possuem as mesmas facilidade e seguranças.

Sem mencionar o fato de que, nos dias de hoje, a poupança possui um rendimento menor que o da inflação.

Isso significa que ao deixar seu dinheiro ali por um determinado período, no momento de retirar a aplicação, você terá perdido seu poder de compra, pois ele não acompanhou o mesmo ritmo dos preços do mercado.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um dos investimentos mais seguros e rentáveis a se fazer com seu décimo terceiro.

Ele nada mais é do que um título da dívida pública, emitido pelo governo federal, para que ele consiga financiar o desenvolvimento da sociedade.

Ou seja, é emprestar dinheiro ao Estado brasileiro, que em troca disso, te dá um rendimento pré estabelecido.

O risco presente no Tesouro é de o Estado brasileiro vir a quebrar, portanto é muito baixa.

CDB

O CDB, ou melhor, o Certificado de Depósito Bancário, funciona de uma forma semelhante a do Tesouro Direto.

Mas a diferença é que ao invés de emprestar dinheiro para o Estado, você empresta dinheiro para o banco emissor do CDB.

As instituições bancárias emitem esses títulos para captarem recursos e financiar o crescimento do banco.

Em troca do seu dinheiro, eles vão te pagar uma taxa de rendimento, que geralmente acompanha o CDI.

A grande vantagem do CDB é a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Esse órgão estatal devolve todo seu dinheiro aplicado no CDB, em até R$ 250 mil, caso o banco venha a falir.

Ações

Isso mesmo, o mercado de ações é uma das melhores escolhas para alocar o seu décimo terceiro.

A falta de conhecimento faz com que as pessoas criem um preconceito contra as ações, de que são um bicho de 7 cabeças e apresentam um risco fora do normal.

A renda variável possui todas as características de risco dos investimentos.

Existem ativos de empresas de baixo, médio e alto risco disponíveis para compra.

Entretanto, escolher empresas de um grande porte e bem duradouras, pode ser um ótimo investimento.

Tanto em segurança como em rentabilidade.

Sem mencionar o fato de serem extremamente acessíveis.

Com menos de R$ 100,00 você pode se tornar acionista da Vale.

Com aproximadamente R$ 30,00 você se torna sócio do Itaú Unibanco.

Portanto, as ações se configuram como um dos principais ativos para investir o seu décimo terceiro com segurança e rentabilidade.


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo