O Poder do Hábito: resenha do livro

40% das decisões que tomamos diariamente são hábitos. Decisões que em algum momento deixaram de ser complexas e se tornaram quase automáticas. Não precisamos raciocinar muito, apenas vamos lá e fazemos. 

O hábito pode ser bom ou ruim, mas o livro O Poder do Hábito pretende mostrar que se controlarmos nossos hábitos podemos ter grandes impactos na nossa vida.

Charles Duhigg escreveu seu livro com base em diversos estudos sobre como as pessoas realizam ações todos os dias sem sequer ter noção do que estão fazendo.

O livro revela um entendimento da natureza das pessoas baseadas em como nosso cérebro poupa energia por meio de ações repetidas ao longo do tempo.

O Poder do Hábito: resumo

O livro de Charles Duhigg é um estudo acerca do comportamento humano e como isso afeta os resultados em diversas áreas da nossa vida. 

Como o próprio subtítulo diz, o objetivo do estudo é explicar por que fazemos o que fazemos. Ou seja, é uma reflexão que aborda como essa capacidade de fazermos coisas de forma subconsciente, com um menor esforço cerebral tende a criar padrões em nossas vidas.

Para isso é necessário entender o hábito. Um hábito é construído através de um loop de ações, ou seja de um comportamento que se repete.Composto basicamente de:

  1. Deixa

Gatilho que dispara um sinal para realizar uma atividade. Ponto inicial do loop do hábito.

  1. Rotina

Atividade realizada sempre que ativada a deixa. “Essência” do hábito.

  1. Recompensa

Prêmio ou sensação que dá prazer a rotina. Quanto maior a recompensa maiores as chances do comportamento se repetir e se gravar na memória.

Entender esse funcionamento do hábito nos permite controlar hábitos indesejáveis ou criar novos hábitos bons.

Sabendo que o hábito possui essas fases devemos observar isso nos nossos comportamentos diários, identificando cada fase é mais fácil realizar a mudança ou substituição.

É importante apenas que o loop esteja completo para que seja possível modificar um comportamento.

O objetivo do livro é propiciar um controle sobre nossos hábitos de forma que possamos nos tornar pessoas melhores aproveitando esse sistema que nosso corpo já conhece para aplicar em coisas que nos tragam bons resultados. Como investir, por exemplo.

Como utilizar-se do hábito

Como criar um hábito

Sendo que a rotina é a parte que você quer implementar o foco deve ser montar o loop completo quando quiser incluir um novo hábito. 

Ou seja, você deve não só iniciar o novo comportamento mas atribuir uma deixa e uma recompensa para torná-lo um hábito. Isso pode ser implementado de forma progressiva para que seja mais fácil a transição.

Deixas devem ser simples, a rotina realizada corretamente e a recompensa deve ser agradável.

Porém, não basta realizar apenas isso, o hábito necessita de repetição para que seja gravado no cérebro.

Como mudar um hábito

Nessa situação o que deve ser alterado é a rotina, a deixa e a recompensa devem ser as mesmas. A recompensa será autorizada mediante a troca do hábito. Com o tempo isso leva a troca do hábito.

Hábitos Angulares

Esses hábitos são responsáveis pode desencadear mudanças em outras áreas, dessa forma o impacto desse tipo de hábito é maior. Suas recompensas são oferecidas em pequenas doses o que motiva a realizar mais vezes essas rotinas para que mais recompensas sejam ativadas. 

Assim, esse tipo de hábito pode ajudar a melhorar diversas áreas do nosso comportamento pois instiga a mudança pela busca da recompensa. 

É o que acontece por exemplo com pessoas que mudam seus hábitos devido a prática esportiva em vários setores, sejam alimentação, saúde, relacionamentos e outros.

Viu como é possível controlar nossos hábitos e utilizar-se deles para sermos pessoas mais produtivas? Esse livro é uma leitura que enriquece bastante quem busca desenvolver-se.

E pode ajudar bastante quem quer mudar seus hábitos financeiros para ter controle do seu dinheiro e poder investir bem!

Não perca outras resenhas de livros que te ajudam na vida pessoal e nos investimentos, tem bastante conteúdo nos nossos artigos, confira!


Você também pode gostar desses artigos

library_booksTodos os artigosVoltar para o topo